Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Manjerico: Tradição e Dicas para viver mais com maior qualidade!

Já dizia a minha querida Avó, que não há cheiro como o do Manjerico. 

 

Não sei se todos concordarão, mas o que é certo é que a vinda o Manjerico trás muito mais do que um simples aroma. 

Com o surgir evidenciado do Manjerico, vêem também (logo a seguir) os Santos Populares, o Verão, o Calor, os tempos de festa, as sardinhas, a esplanadas cheias, a praia, as roupas frescas e para alguns (penso eu, que para muitos)... as tão esperadas, férias!!! 

Eu faço questão de ter um Manjerico todos os anos. Pessoalmente, pelo simbolismo que tinha para a minha avó e para mim, que em conjunto, o tratávamos, enquanto me contava umas belas histórias sobre as suas vivências na época.

 

Mas vá...a verdade, a verdade... é que enquanto a minha avó cuidava dele tão dedicadamente, eu preferia ficar a ouvir as suas histórias, pelo que, não fui uma grande aprendiz nesta área. Assim sendo, desde que faleceu, que não tenho tido muito sucesso no seu cuidado. Como tal, este ano, decidi ler mais profundamente sobre este tema e resolvi partilhar convosco algumas dicas úteis para tentarem manter os vossos Manjericos vivos e de boa saúde, o máximo tempo possível.

 

 

Sobre o Manjerico...


O caule é pequeno com apenas 20 cm. Anguloso, muito ramificado, verde claro e a planta no seu geral tem a forma redonda.
As folhas são muito aromáticas, pequenas, fortes ovaladas e pontiagudas, verdes e estriadas. Possuem pequenas glândulas na face posterior (pontos translúcidos) e flores pequenas, brancas, cheirosas e em cacho florescendo entre Julho e Setembro. 

É um excelente repelente de insectos.  

 

 

Em Portugal, o manjerico é uma planta bastante associada às festas de Santo António e de São João, realizadas em 13 e 24 de Junho, em vários municípios. Na tradição popular das festas, em honra de Santo António e de São João, é tradição os rapazes comprarem um manjerico num pequeno vaso, para oferecerem à namorada, o qual traz uma bandeirinha com uma quadra popular.

 

 

Dicas úteis para cuidarem do vosso Manjerico...

 

O Manjerico gosta de estar numa posição em que apanhe muita luz, sem no entanto receber com a luz solar diretamente, pois a incidência forte pode provocar queimaduras e até a morte da planta. Pode ser transplantado para vasos, como planta de interior ou exterior, não tolerando frio muito intenso (Não toleram temperaturas a baixo dos 12ºC). Logo:

  • Transplantem o vosso manjerico para um vaso de barro com boa drenagem para que as raízes respirem e não haja acumulação de fungos;
  • Façam a Poda das flores mal comecem a nascer, para prolongar a vida do vosso manjerico;
  • Coloquem-no num local onde haja muita luz, mas tenham cuidado com a exposição nas horas de calor intenso, que pode secar mais facilmente o vosso manjerico;
  • Coloquem-no por cima de um prato com água. Isto ajuda a manter a humidade nas horas de maior calor e evita que a terra seque, pois quando exposto ao sol de forma regular, o manjerico tem de estar bem regado;
  • A rega deve ser efetuada durante a manhã ou ao fim do dia e nunca nas horas de calor intenso.
  • Não se deve encharcar e sobretudo nunca regar as folhas, para que elas se mantenham saudáveis através da humidade do caule e raiz.
  • Mantenha-o num local onde a temperatura nunca seja inferior a 12ºC.

 

 

Conclusão:

Ninguém disse que seria fácil manter um Manjerico vivo e saudável o máximo tempo possível, mas da minha parte, irei continuar a tentar.

 

 

 

Fonte 1

Fonte 2

Fonte 3

Fonte 4

Fonte 5

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.