Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Doença do Beijinho

 

 

 

 

A mononucleose infecciosa, também conhecida como doença do beijo, é uma doença contagiosa, causada por um vírus da família do herpes, denominado de vírus Epstein-Barr, transmitido através da saliva. Os jovens entre os 15 e 25 anos são as principais vitimas deste vírus. Os sintomas da mononucleose são febres, dores de garganta e aumento do baço, podendo corromper, criando hemorragias.

A sua forma de transmissão é feita através de saliva, não só a partir do beijo, mas também a partir da tosse, espirro e objectos como copos ou talheres que não estejam devidamente lavados, podendo haver contacto com a saliva de alguém contaminado. 

Tal como o vírus da sida, o Epstein-Barr leva muito tempo até ser manifestado, portanto muitos dos seus portadores podem transmiti-lo sem saber que o têm. 

Na maior parte dos casos, as pessoas têm o primeiro contacto com o vírus durante a sua infância. Esta infecção passa despercebida porque o vírus da mononucleose não costuma causar doença quando transmitido ainda em criança. 

Os casos de mononucleose na adolescência ocorrem somente aos que não foram contaminados durante a infância. Ao contrário do que ocorre nas crianças, nos adolescentes e adultos, a mononucleose costuma causar os sintomas clássicos, referidos acima. 

Este vírus é menos contagioso do que o vírus da gripe, daí poder haver o contacto com pessoas contagiadas e não ficarmos contagiados.

Quanto ao seu tratamento, não há uma forma específica para tal. É aconselhável aos portadores deste vírus ficarem de repouso cerca de 2 semanas e evitar actividades que necessitem de muito esforço físico. Pode levar até 2 a 3 meses para recuperar totalmente.

Para aliviar a dor de garganta, os pacientes devem beber agua, sumo de fruta, desde que não seja de laranja e ingerir comidas leves. O paracetamol pode ser uma grande ajuda. 

 

Comentar:

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.