Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

As moedas de Euro

Já todos olharam para as moedas que vos passam pelas mãos certo? 

Pouca gente reconhece aquela face "esquisita" de uma moeda que lhe passou pelas mãos, para além das Portuguesas, que já estão habituados. 

Mas, há mais coisas que pouca gente sabe. 

Sabiam que existem mais estados que podem emitir moedas de euro que podem circular nos 19 países da zona Euro? 

Sabiam que vários países emitem moedas de valores acima (ou abaixo) dos 2 euros que só circulam dentro das fronteiras nacionais? 

Sabiam que existe um país da zona Euro que tem 3 moedas diferentes de 2 euros de face comum, sem serem comemorativas? 

Sabiam que as moedas de 2 euros são as que podem ser emitidas pelos estados, todos os anos com uma face diferente, até ao limite de 3 moedas diferentes a cada ano? 

Sabe até que data podem trocar as notas de escudos por Euros nas tesourarias do Banco de Portugal? 

Com tanta moeda diferente, há muita gente que fica assustada ao receber uma moeda que não reconhece. E que demasiadas pessoas, ficam a pensar que as moedas são falsas. 

Algumas pessoas chegam mesmo a recusar receber moedas dessas de troco, pois só conhecem 2 ou 3 países. 

Para poderem saber onde é que a vossa moeda foi posta a circular a partir do site do Banco Central Europeu. 

Se forem ao site do ECB dedicado ás moedas, podem escolher o estado emissor (que pode encontrar na cara da moeda que queiram reconhecer) do lado direito. Onde poderão ver todas as faces nacionais das moedas de euro. Facilmente poderão encontrar o país de onde veio aquela moeda. 

Do lado esquerdo podem escolher as comemorativas de 2 euros, podendo ver, por estado, as que são emitidas para circulação. 

Assim, já não ficam a pensar que as moedas são falsas ou ficarem a matutar de onde será aquela moeda. 

 

Respostas ás perguntas:

Existem 23 estados que podem emitir moedas. Vaticano, Andorra, San Marino e Mónaco emitem moedas de circulação anualmente, para além dos 19 países da zona Euro. 

Cada país tem uma quota que podem emitir moedas de vários valores, diferentes dos 8 comuns, dedicadas a acontecimentos. A única coisa diferente dessas moedas é que só tem valor circulante (podem pagar qualquer coisa ou ser recebidas de troco) no país onde foram emitidas. Na Alemanha as moedas de 10 euros circulam ao mesmo modo das moedas de 2 euros que circulam cá em Portugal. Na Áustria as de 5 euros são entregues de troco nos bailes de carnaval ou Inverno nas principais salas de espectáculos locais. 

A Bélgica tem 3 moedas de 2 euros que fazem parte do seu conjunto básico de circulação. Em 2002 emitiu a moeda de 2 euros com a efígie do Rei Alberto II. O problema foi que o monograma real e a data foram colocadas no bordo da moeda, além de que faltava a identificação do país emissor. O banco central europeu pediu à Bélgica para corrigir esses erro, coisa que aconteceu em 2008. Entretanto, o rei faleceu e em 2014 a Bélgica passou a emitir uma nova moeda de 2 euros de circulação, já com a efígie do Rei Filipe. Sendo o único país da zona euro que tem 3 moedas de 2 euros em circulação com uma face diferente e que não são comemorativas. 

Cada estado pode emitir moedas de 2 euros anualmente para comemorar algo. É uma forma dos países poderem promover os seus eventos históricos ou momentos que se propagam por toda a zona euro. 

As notas de escudo ainda tem validade. Até 28 de Fevereiro de 2022, podem agarrar nas notas de escudos que ainda tenham, dirigirem-se a uma tesouraria do Banco de Portugal e trocarem a nota por euros. Como se devem lembrar 200,482 escudos equivalem a 1 euro. As moedas de escudo é que já não tem validade de circulação desde o último dia de 2002. 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.