Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Vestidos de noiva

destacada-520x245.jpg

Vai haver casório. E como tal vai haver vestido de noiva. Importa por isso fazer uma mini viagem pelos vestidos de noiva, pela sua história e perceber porque é que a tradição diz que têm de ser brancos.

Desde que há homens e mulheres que há casamentos e uniões. Claro que na Idade da Pedra a coisa devia funcionar de forma bem simples, mas enfim, também haveria uniões.

Inicialmente o casamento servia apenas para estabelecer alianças, fossem elas militares ou económicas. O amor era coisa que, ou aparecia depois ou temos pena que para aqui não era chamado. Aliás, imensas vezes os casamentos eram celebrados entre os pais dos noivos, tal e qual um contrato onde se especificava detalhadamente os deveres e responsabilidades das partes. Romântico, não era?

Foi na Antiga Roma que as noivas, vaidosas, começaram a usar uma roupa melhorzita, até como forma de sobressair dos restantes convidados. Quanto mais luxuoso fosse o vestido da noiva, maior as posses da sua família. Mas não se entenda, por luxuoso, que houvesse bom gosto. Uma noiva romana podia, por exemplo, usar um véu vermelho escuro, quase em tom de vinho, sobre uma túnica amarela cor de açafrão. Lindo! 

No início da Idade Média, o vestido era bastante bordado e a cor predominante era o vermelho, representando a capacidade de gerar sangue novo.
Mais tarde, mas ainda na Idade Média, o verde passou a predominar e o vestido devia mostrar o ventre da noiva pela possibilidade da procriação.

Entre o século XVI e o século XVII – Renascença e Barroco, o preto era a cor mais usada. Os vestidos podiam ser pretos mas não era simples. Antes pelo contrário, eram pesados e luxuosos.

E quando é que se passou para a cor oposta, o branco?

Há varias hipóteses e nenhuma reúne consenso.

Há registos de que a rainha Mary Stuart, da Escócia, foi a primeira a usar um vestido branco, no século XVI, como homenagem à família Guise, de sua mãe, que tinha a cor branca no brasão.

Há registos de que a rainha Maria de Médici, da França, no século XVII, terá usado, no seu casamento, um vestido branco com detalhes dourados e com decote quadrado. Segundo Michelangelo, a escolha desta cor por Maria de Médici deveu-se à sua pureza, dado que se casou com apenas 14 anos.

Foi uma das primeiras rainhas a casar por amor, a Rainha Vitória, da Inglaterra, no século XIX, e casou-se vestida de branco, com véu e sem coroa. Também é-lhe atribuída a origem do branco como cor do vestido de noiva.

Seja qual for a origem da cor do vestido de noiva ou seja qual for a cor escolhida pela noiva para vestir no dia do casamento, o que importa é que se sinta bem e feliz.