Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Dez termos médicos traduzidos para linguagem comum

Quando estudamos qualquer tipo de ciências médicas, há coisas com as quais somos literalmente bombardeados e que de uma forma ou de outra temos de encaixar.

Chega ao ponto em que essas coisas se encaixam de tal forma, que não só já não saem, como perduram e se infiltram noutras áreas da nossa vida. Uma delas são os termos técnicos/médicos que aprendemos e que tanto aplicamos no nosso dia-a-dia profissional, e que acabamos por aplica-los noutras situações da nossa vida (muito naturalmente). Claro que, nestes momentos, as pessoas olham para nós como se não fizéssemos parte deste planeta. 

E a verdade é que eu as compreendo, pois quando me apercebo, sei que se estivesse no lugar oposto, provavelmente sentiria o mesmo.

 

Há pouco tempo voltei a ter esta sensação, e hoje lembrei-me de descrever aqui o que significam determinados termos técnicos que os profissionais de saúde utilizam com frequência e que identificam manifestações bastante conhecidas no "Português comum":

 

1. Equimose = Nódoa negra;

 

2. Edema = Inchaço; 

 

3. Cefaleia = dor de cabeça;

 

4. Prurido = Comichão;

 

5. Adiposo = Gordura;

 

6. Obstipação = "Prisão de Ventre";

 

7. Decúbito = Posição;

 

8. Eritema = "Vermelhidão";

 

9. Hipotensão = Tensão Arterial Baixa;

 

10. Micção = Ato de urinar.

 

 

Espero que vos seja útil