Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Supervilão alienígena do oceano

Supervilão alienígena do oceano. Alguma ideia do quem estou a falar?

Vou dar uma pista: são deliciosos! Cozidos, com arroz ou apenas numa salada, comem-se lindamente.

Posso também dizer que tem três corações, pesa entre 3 a 40 Kg, e pode atingir até três metros de comprimento. Tem ainda oito braços e dois tentáculos, sendo que, cada braço, tem ainda duas fileiras de ventosas adesivas equipadas com quimioreceptores que permitem que este animal sinta o gosto do que estiverem a tocar. Quando está ameaçado pode accionar a propulsão a jato, de modo a rapidamente se distanciar do perigo.

Já adivinharam?

Certo, o polvo.

2ca1cb3c4ee30671c48714ab3eab8d40.jpg

Infelizmente, para o polvo, não somos os únicos a aprecia-lo e, por isso, este cefalópode é um petisco bastante apetecido por vários predadores dos mares.

Mas como a mãe natureza nunca dorme, equipou este alienígena com algumas características que o tornam único na arte da defesa pessoal:

A tinta é talvez o processo mais conhecido, cujos créditos são partilhados com os chocos. Ao sentir-se ameaçado, o polvo solta uma tinta escura que lhe permite fugir em segurança

polvo-soltando-tinta.jpg

Braços e tentáculos descartáveis. Se o predador o agarrar por um braço ou tentáculo, o polvo larga-o e foge. Dias depois nasce um novo braço ou tentáculo, sem qualquer problema;

Octopus_at_Kelly_Tarltons.jpg

E o mais interessante, a camuflagem. Em segundos o polvo consegue mudar totalmente a sua cor de modo a ficar da mesma cor que as pedras, a areia ou as algas. Esta característica também o ajuda a capturar as suas presas com mais facilidade.

polvo-camuflado.jpg

Por fim, uma das 300 espécies de polvo, o polvo-véu, quando se sente em perigo, estende uma grande membrana que ondula na água, dando-lhe a sensação de ser bastante maior.

polvo-veu (1).jpg

É a junção de todas estas características especiais que levam a que o polvo também seja conhecido por supervilão alienígena do oceano. Por isso, a próxima vez que o estiverem a comer, lembrem-se que estão a comer um ET.