Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Curiosidades sobre os pés...

Curiosidade 1: Através desta imagem podes descobrir a tua descendência. 

Entre outros modelos, os mais conhecidos são: (toca a descalçar o sapatinho!) 

1175478_56576j9100155523_25326537_n.jpg

 

Curiosidade 2: 

tipos-dedos-pes-01.jpg

 

 

 

Imagem 1: Harmoniosos
Se colocares uma régua na diagonal em frente ao pé e todos os dedos tocarem nela, então, és uma pessoa que consegue expressar bem e ouvir o que os outros têm a dizer.
 
Imagem 2: Longe do chão
Se o teu dedo grande não toca no chão então pertences ao grupo de pessoas que tem muitos projectos para o futuro ou que tem o hábito de deixar as pessoas a falar sozinhas quando o assunto não te agrada.
 
Imagem 3: Separados
Se tens os dedos como a imagem 3 estão és alguém que decidiu viver a vida de modo independente, longe até da própria família.
 
Imagem 4: Retraídos
Se tens os dedos em forma de garra, então és uma pessoa que esconde características manipuladoras e apenas gostas das coisas feitas à tua maneira.
 

tipos-dedos-pes-02.jpg

 

Imagem 1: Ponta quadrada
Normalmente, esta característica aparece nos pés de pessoas objectivas e directas, que não gostam de ser enroladas.
 
Imagem 2: Escondido
Se o dedo do apego fica por baixo do dedo da actividade ( ver mais em baixo quais são os dedos) mostra alguém que trabalha demais, a ponto de ficar sem tempo para expressar os próprios sentimentos.
 
Imagem 3: Desviado
Segundo dedo com a ponta inclinada em relação aos outros pode significar que a pessoa tem muita dificuldade em receber ordens.
 
Imagem 4: Calosidade
A presença de calos está ligada a mágoas do passado. O motivo das mágoas depende do dedo em que aparece a calosidade.
 
 

Curiosidade 3: 

Há também quem ache que cada um dos nossos dedos está ligado a um singificado. Então para os mais curiosos aqui fica:

leitura-pes-bem-estar.jpg

 

1. Confiança
2. Amor
3. Ideias e criatividade
4. Afetividade
5. Tristeza
6. Alegria
7. Desejo
8. Actividade
9. Apego
10. Medo e insegurança
 
Curiosidade 4:
É a parte do corpo que contém mais terminações nervosas por centímetro quadrado e é por isso que sentimos cócegas tão facilmente
 
Curiosidade 5:
Há três tipos diferentes de pisadas: Supinada (Para fora), neutra, e pronada (para dentro)
 
Curiosidade 6:
Por mais incrível que pareça ficar parado é mais cansativo para os pés do que se estiverem em movimento. Ficar parado esforça o mesmo conjunto de músculos por um longo período.
 
Curiosidade 7:
Os pés suportam 4 vezes o peso do nosso corpo quando corremos.
 
Curiosidade 8:
Durante o século XIV, na Inglaterra, produziam sapatos tão pontiagudos que passaram a ser um objeto perigoso. O Rei Eduardo III lançou uma lei que dizia que os bicos dos sapatos podiam ter no máximo 5 cm de ponta. Mas sabe-se que antes da lei houve sapatos que chegaram a ostentar 50 cm de comprimento. Era necessário prendê-los à cintura com cordão de seda para ser possível andar.
 
Por isso não se esqueçam, tratem com muito carinho os vossos pés!
 
 
Fonte: Alecrim da Terra
http://www.alsafitness.com.br/blog/
http://www.lojadoctorpe.com.br/

Bolhas nos pés

Bem e depois de passarmos um dia para trás e para a frente quando o nosso calçado não é mais adequado, o que vemos quando retiramos os sapatos?? Bolhas nos pés!

Estas formam-se como resposta do nosso organismo a uma suposta agressão. Para que tal aconteça basta que haja uma pressão contínua numa região do pé, devido a calçado apertado, por exemplo. A pele fica irritada e ocorre a deslocação de duas das suas camadas: a derme e a epiderme. De seguida, o nosso cérebro dá ordem para que o fluxo sanguíneo aumente no local afectado, deixando passar a parte transparente do sangue, o plasma. E assim se forma uma bolha. 

O plasma é constituído por células inflamatórias, que têm a função de proteger o corpo de agentes invasores, as bactérias que aparecem na parte ferida. 

Em conclusão a bolha é uma forma de prevenir o agravamento do ferimento, mas se tal acontecer, o corpo envia glóbulos brancos (células de defesa).

 

Algumas dicas para tratar das bolhas:

  • Manter sempre os pés limpos
  • Descansar o máximo possível, ou então optar por caçado mais confortável 
  • Usar Aloe Vera, aliviando a pele danificada
  • Usar camomila, uma vez que acalma a dor. (Mergulhar uma saqueta de chá de camomila em água morna e aplicar na bolha como se fosse uma compressa.)

 

Não é recomendado furar uma bolha. Se ela for muito grande e dolorida ou o líquido começar a ficar amarelado, é preciso procurar um médico. Bolhas em locais de pele grossa, como no calcanhar, demoram mais para sarar!