Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Epilação ou depilação

Chegou a primavera e como tal, lá começamos nós a preocuparmos com o corpo ... ginásios, caminhadas, corridas e a remoção dos pelos (com mais frequência nesta época).

 

Este é um tema com muitas dúvidas e mitos, já com diversas explicações. Hoje venho apenas explicar uma diferença de linguagem, que só há poucos meses me apercebi, ao ler o placar de promoção da minha esteticista.

 

Dizemos habitualmente que vamos fazer a depilação. Sim diversas pessoas fazem-no em casa, normalmente no banho, e nalgumas zonas do corpo, como axilas ou pernas, por exemplo. Mas existe outro modo de remoção de pelos, que a maioria das pessoas utiliza e continua a chamar-lhe de depilação, mas refiro-me à epilação.

 

A depilação é a remoção dos pelos por corte, junto à superfície da pele. Os folículos pilosos, internos não são removidos. Utiliza-se para a depilação as lâminas, cremes e espumas depilatórios e descoloração. Em nenhum dos casos existe dor no corte, mas é preciso ter algum cuidado especialmente com os cremes depilatórios, que devem ser testados em pequenas zonas, para evitar alergias extensas, no caso de não ser adequado ao tipo de pele.

 

A epilação caracteriza-se pela remoção total do pelo desde a raiz, que fica no interior da pele. As ferramentas para remoção utilizadas neste caso são: pinças, cera, maquinas epiladoras, laser, luz pulsada, electrolise, entre outros. Este processo é um pouco mais doloroso, alguma pessoas tem mesmo muita dificuldade em suportar, mas mais duradouro. Neste caso, e para evitar fulicolite, deve ser feita uma esfoliação 3 dias antes, que vai permitir abrir os poros e permitir uma melhor remoção dos pelos.

 

Tanto um método como o outro são temporários, não é eliminada a papila do pelo, ou seja volta a renascer, mais rápido no caso da depilação do que na epilação.

 

Ficam algumas dicas que ajudam na boa prática de epilação e ajudam a prolongar o seu efeito:
1 - deve-se evitar o sol logo após a epilação;
2 - recomenda-se 1 semana a 3 dias antes da epilação uma esfoliação corporal ou um banho com uma luva de crina ou de cerdas naturais;
3 - em pessoas que fiquem sempre com a pele sensível após a epilação, aconselha-se o uso de um bom creme com princípios activos calmantes, como o azuleno ou a camomila.