Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Diverticulite

x146-01_gif_pagespeed_ic_TthQiN1iCt.png

Há cada nome de doença que até parece uma diversão, mas não é bem assim porque é bastante doloroso, ao que sei, pelo que o marido sentiu, e foi tratado em casa, e uma amiga que acabou por ficar internada uns dias.

 

Diverticulite é uma inflamação caracterizada principalmente por bolsas e quistos pequenos e salientes da parede interna do intestino (divertículos) que ficam inflamados ou infectados.

 

Os divertículos, apesar de poderem ser formados em qualquer parte do aparelho digestivo, como o esófago, o estômago e o intestino delgado, são mais comuns no intestino grosso

 

A presença de divertículos no corpo é bastante comum, principalmente após os 40 anos de idade. A presença de divertículos no aparelho digestivo é conhecido como diverticulose. Eles são inofensivos, a não ser que desencadeiem algum problema de saúde, como é o caso da diverticulite. Uma pessoa pode ter diverticulose e nunca saber disso.

 

As complicações possíveis da diverticulite são:

  • infecções do aparelho urinário;
  • fístulas podem formar-se entre o intestino grosso e o intestino delgado, o útero, a vagina, a parede abdominal ou o tórax;
  • infecção disseminada da parede intestinal;
  • ruptura da parede de um divertículo;
  • peritonite;
  • sangramento e obstrução intestinal.

Não se sabe exactamente o que causa da formação dessas bolsas ou quistos na diverticulose. Sabe-se, porém, que seguir uma dieta pobre em fibras é uma das causas mais prováveis. Isso é muito comum em populações que tem uma dieta rica em alimentos refinados, como o arroz branco, pão branco, cereais matinais e bolachas.

 

A diverticulite é causada por pequenos pedaços de fezes que ficam presas nesses quistos, provocando infecção ou inflamação.

 

Os sintomas de diverticulite incluem:

  • Dor abdominal, especialmente na parte inferior do lado esquerdo, que pode ser constante e persistir durante vários dias;
  • Períodos de diarreia ou de prisão de ventre;
  • Sensibilidade no lado esquerdo do abdómen;
  • Enjoos e vómitos;
  • Febre e calafrios.

 

Estes sintomas de diverticulite surgem quando os divertículos inflamam, por isso, na presença destes sintomas, devemos recorrer ao médico de familia.

 

O tratamento para diverticulite depende da intensidade e gravidade dos sintomas. Algumas pessoas podem ser internadas para tratamento intravenoso, mas geralmente pode ser tratado em casa, seguindo à risca a medicação e dieta recomendadas.

 

O internamento, no geral ocorre quando há complicações ou risco de repetir incidências, que podem levar a outros problemas, como peritonite e obstrução intestinal.

 

Em último caso, em que também já houve evolução para problemas mais sérios além da diverticulite, a cirurgia talvez seja necessária.