Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Datas de consumo

Depois da grande exposição da colega M.J. acerca das "dez fotografias - dez casos estranhos", consideradas fora de validade uma vez que as actuais são muito mais comestíveis pela qualidade apresentada, decidi alertar a consciência dos consumidores, neste caso para a validade dos alimentos!

 

Um dos pontos importantes quando vamos às compras é a analise os rótulos dos alimentos, quer em termos calóricos, quer na verificação do prazo de validade. Devemos cada vez mais fazer as compras com consciência do que realmente necessitamos e se vamos utilizar dentro dos prazos previstos para consumo.

 

Muitas vezes por falta de informação, há desperdícios alimentares desnecessários, segundo estudos da Deco, a Europa desperdiça milhões de toneladas de alimentos por ano.

 

Datas no rótulo da embalagem

Nas embalagens de produtos alimentares encontramos dois tipos de datas, que garantem a qualidade do produto até essa data, desde que devidamente conservados:

  • Os alimentos que se conservam, por mais tempo têm uma data de durabilidade mínima, que deve ser indicada, segundo a ordem do dia, mês e ano.

No entanto, é apenas obrigatória a indicação:

  • do dia e mês, quando a durabilidade for inferior a 3 meses;
  • do mês e ano, quando a durabilidade for de 3 a 18 meses;
  • do ano, quando a durabilidade for superior a 18 meses.

Esta data é precedida por uma das seguintes menções:

  • Consumir de preferência antes de... (nos casos em que a data indica o dia)
  • Consumir de preferência antes do fim de... (nos restantes casos)

» Nos géneros alimentícios muito perecíveis encontramos a data limite de consumo, com a menção “consumir até...”

Esta data é indicada pela seguinte ordem: dia, mês e, eventualmente, o ano.

Em casa, quando nos deparamos com um alimentos cujo prazo de validade supostamente expirou, devemos verificar se a data que consta na embalagem diz respeito a “Consumir até:” ou “Consumir de preferência antes de:”.

Se na embalagem constar a frase “Consumir até”, trata-se de produto que se estragam rapidamente. Não devemos consumir após a data indicada de modo a evitar uma possível intoxicação alimentar.

A frase “Consumir de preferência antes de” é utilizada em produtos que podem ser armazenados durante mais tempo. Não existe qualquer perigo em consumir esses alimentos após a data que consta na embalagem, mas podemos notar alterações no sabor ou textura dos mesmos.


Cuidado com os ovos --- neste caso evite comer após terminar o prazo mesmo que esteja indicado na embalagem “consumir de preferência antes de”! Para poder consumir durante mais tempo é preferível congelar!

Devemos ter em atenção que os prazos de validade apenas garantem o bom estado dos alimentos antes da abertura da embalagem.
É comum vermos em alguns alimentos frases como “Depois de aberto conservar no frigorífico e consumir no intervalo de uma semana”.

Concluindo, ler os rótulos das embalagens antes de colocar no lixo um alimento cujo prazo de validade já expirou. Se encontrarmos “Consumir de preferência…” ainda o poderá consumir!

O que utilizar no microondas

Microondas é um electrodoméstico cada vez mais utilizado nas nossas casas, mas por vezes facilitamos na utilização de copos, pratos e plásticos que não são adequados, grande parte por desconhecimento dos problemas que podem causar.

 

O bolo na caneca, receita tãaaaooo boa e muito confeccionada até mesmo pelos jovens, pela sua facilidade, é muitas vezes feita em canecas desadequadas, e por ter visto a utilização das canecas da imagem abaixo, achei por bem fazer este alerta.

 

Há diversos utensílios que não devem ser utilizados no microondas, tais como:

 - utensílios com parafusos, aros metálicos, filetes de decoração, panelas, espetos, colheres, não devem ser utilizados porque podem provocar faíscas ou até mesmo explosão.

 

- as porcelanas, e loiças ou vidros que tenham sido colados, porque podem partir e provocar estragos no microondas.

 1.jpg

- as cerâmicas de barro puro, que não tenham vidragem tanto por dentro como por fora, pois absorvem a humidade e ficam muito quentes.

 

- copos com medidor de temperatura, por exemplo as da imagem, que por terem um filete metálico podem provocar faíscas.

 

   Vi esta dica:

Para ter certeza de que aquele recipiente pode ir ao micro-ondas faça um teste simples: Coloque o recipiente vazio no micro-ondas e um copo com água ao lado, ligue o micro-ondas na potencia média por 1 minuto e assim que terminar verifique se o resultado for o pote frio e o copo e a água quente então ele pode ser usado no micro-ondas sem nenhum problema.
 
 
o meu conselho é ... »» Verifiquem sempre os símbolos ««


Nunca devemos utilizar no microondas caixas de plástico que não contenham a indicação que são adequadas, especialmente porque libertam substâncias tóxicas para os alimentos e podem ficar deterioradas. Verifiquem também se o material é indicado para a máquina de lavar loiça, para o frigorífico ou congelador. 


Os símbolos por vezes fazer menção inclusive à temperatura aconselhada.

 

imagesPHDMHYED.jpg

Símbolo que identifica o produto como adequado para utilização no microondas, devemos ler também todas as instruções de correcta utilização que possam vir junto com os artigos.

 

Símbolo de congelação, e um deles indica até um mínimo de -40ºC, o mesmo pode acontecer para temperatura de lavagem e de aquecimento, quer seja microondas, quer seja em forno (caso de alguns pirex ou Tupperware adequados ao forno convencional)

Sem Título.jpg

Este é o símbolo internacional que indica que os pratos, plásticos, vidros ou porcelanas, pode ser lavado na máquina de lavar loiças.  

 

 

 

 

 

 

 

Post: visivel também em Khimera