Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Sarampo vs Varicela

Como profissional de saúde custa-me que, algumas pessoas, não consigam, ainda, distinguir a varicela do sarampo. E hoje, tendo em conta que nos últimos tempos tem sido notícia de crianças que morrem com sarampo porque os pais optam por não vacinar, decidi falar a cerca deste assunto, fazendo a diferenciação com a varicela. 

 

Sarampo vs Varicela

 

220px-Measles_virus.JPG

Sarampo é uma doença infeto-contagiosa que afeta, principalmente, as crianças. O responsável por esta doença é um vírus denominado por Paramixovírus do Género Morbilivirus. O sarampo transmite-se atarvés de secreções respiratórias, por meio de secreções do nariz e da boca (tosse, espirros, saliva, falar). Em Portugal, assim como em, praticamente, todos os países, o sarampo é uma doença que se encontra irradicada, tendo uma taxa de vacinação de cerca de 95% .

 

Período de incubação do vírus - 8 a 13 dias.

 

Varicella Zoster.jpg

Varicela é, igualmente, uma doença infeto-contagiosa, provocada pelo vírus varicela-zoster, sendo também o agente

etiológico do herpes-zoster, mais conhecido como Zona. É, precisamente, este agente eyiológico, que vai premanecer no nosso organismo e que, mais tarde, pode reaparecer como Zona.  A varicela é uma doença que, normalmente, não acarreta gravidade, e que afeta centenas de crianças, por ano, em Portugal. A sua transmissão pode ocorrer de duas maneiras: através do contacto direto com as lesões cutâneas ("bolhas") ou através de secreções respiratórias (tosse, espirro, saliva).

 

Período de incubação do vírus - 10 a 21 dias.

 

Tanto o Sarampo como a varicela, são doenças sazonais que, ocorrem principalmente, no final do Inverno e durante a Primavera. 

 

Sinais e sintomas

 

Sarampo 

 

Sarampo.jpeg

  • Sinal de Koplik - na fase inicial, aparecem umas manchas brancas circundadas por uma vermelhidão, na língua e parte interna das bochechas, que desaparecem em 24 a 48h;
  • Pequenas erupções na pele (exantemas) de cor avermelhada que, iniciam na face e demora 1 a 2 dias a percorrer todo o corpo - são manchas, praticamente, todas planas;
  • Febre alta;
  • Dor de cabeça;
  • Mal estar geral;
  • Inflamação das vias respiratórias (garganta, nariz);
  • Tosse;
  • Conjuntivite;
  • Fotofobia (dificuldade em olhar para a luz);

 

Varicela

Varicela.jpg

 

  • Febre moderada;
  • Dor de cabeça;
  • Mal estar geral;
  • Dor de garganta;
  • Dor de barriga;
  • Perda de apetite;
  • Inicialmente, aparecem manchas avermelhadas, planas, que posteriormente evoluem para bolhas redondas, circundadas por cor vermelha, e cheias de líquido (vesícula flácida). Por fim, transformam-se rapidamente em crostas;
  • Estas lesões podem surgir, ao mesmo tempo, em diferentes zonas do corpo, incluindo couro cabeludo, boca e garganta; 
  • Comichão intensa;

 

Tratamento e Cuidados a ter

 

Sarampo

 

O tratamento é sintomático, ou seja, tem como objetivo o alívio dos sintomas. Assim, o doente deve permancer em repouso, beber bastantes líquidos, comer alimentos leves e limpar os olhos com água morna. Normalmente, é utilizado o paracetamol (Benuron) como antipirético para a febre e, em casos mais graves, pode ser necessário outro tipo de medicamentos. 

 

Varicela

 

O tratamento da varicela é igualmente sintomático, sendo utilizados antipirético para a febre e anti-histamínicos para a camichão intensa. Ainda em relação aos medicamentos, em crianças com varicela, não devem ser administrados anti-inflamatórios não esteróides (ibuprofeno, ...) nem ácido acetilsalicílico (aspirina) ou derivados pois podem provocar graves complicações. 

 

Ter em atenção:

  • a hidratação da criança/doente;
  • cuidados de higiene como lavagem das mãos;
  • unhas cortadas;
  • manter as borbulhas limpas e secas;
  • banho de água morna alivía a comichão;
  • após o banho, ao limpar o corpo, não deve esfregar;
  • aplicar loções calmantes ou pomadas enti-pruriginosas;

Em alguns casos, podem desenvolver-se infeções bacterianas, pelo que, é possível, que sejam necessários antibióticos e, em situações mais graves, pode ser utilizado um medicamento anti-viral denominado por Aciclovir. 

 

vacinação.jpg

 

 

É importante realçar que, ambas as situações, necessitam de observação e indicações médicas. 

Importa também referir que, tanto o sarampo como a varicela, são duas das doenças abrangidas pelo Plano Nacional de Vacinação que não deve ser descuidado. 

  

Comentar:

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.