Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Sabem porque é que os anti-histamínicos dão sono?

Chega esta altura, e sem dúvida alguma, que a sensação de alergia entra no seu auge para uma grande parte da população. Só para terem uma noção, estima-se que em 10 pessoas, cerca de 4 ou 5 tenham alergias na Primavera. 

Assim sendo, também se torna muito comum a toma de fármacos para amenizar os sinais e sintomas que normalmente se manifestam com a chegada das alergias. Estes fármacos encontram-se num grupo denominado por "Anti-histamínicos". 

 

Anti - Histamínicos, por serem fármacos que "lutam" contra a histamina, que é a substância que o nosso corpo liberta quando estamos perante uma alergia. Com a libertação desta substância, os vasos dilatam e consequentemente, começamos, por exemplo, a lacrimejar, a libertar secreções nasais, a espirrar com mais frequência, a ter mais prurido em alguma parte do corpo ou de forma generalizada, entre outros.

Na tentativa de fazer desaparecer, ou atenuar, a sintomatologia supra-referida, muitas vezes são prescritos os tais anti-histamínicos. Alguns deles, até bastante conhecidos pelo seu nome comercial, são o Aerius®, o Zyrtec® ou Atarax®.

 

É verdade que estes, são bons fármacos para diminuir a sintomatologia que se torna bastante desconfortável, quando estamos perante uma alergia (especialmente, se persistir e persistir e persistir...), mas, também é verdade, que ao tomarmos estes fármacos, muitas vezes ficamos cheios de sono!

 

 

 

Nunca vos aconteceu?!

É muito normal que aconteça!

 

E Porquê?! [Perguntam vocês...]

 

Estes fármacos, atuam ao nível do Sistema Nervoso Central, fazendo diminuir a atividade de um determinado recetor, classificado de "H1". Desta forma, diminuem a libertação de histamina, mas concomitantemente, diminuem também a atividade dos neurónios nesse local, provocando, muitas vezes, sonolência, diminuição do rendimento cognitivo, motor e aumento do apetite.

Assim, ao tomarem um fármaco deste grupo, é normal que também fiquem sonolentos, como efeito secundário, pelo que, se recomenda com frequência que se tomem os mesmo antes de se deitarem.

 

De qualquer forma, existem já, anti-histamínicos que atuam em locais diferentes, provocando menos sonolência. Contudo, isto, nem sempre é certo para todos nós, pois cada um de nós tem um organismo único, que pode, nem sempre reagir da forma, cientificamente esperada e testada.

 

20 comentários

Comentar post