Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Dúvida de uma leitora

Bom dia a todos.

Antes de mais nada, quero agradecer a todos aqueles que fizeram da publicação da semana passada, um dos posts mais lidos. Obrigado a todos, isso deixa-me muito feliz e da-me ainda mais alento para continuar a descomplicar alguns dos problemas informáticos que nos afectam a todos.

Hoje decidi partilhar com vocês uma dúvida de uma leitora e a sua resolução.

 

A Olívia, do blog Adotar Amar Viver, enviou-me um email com o assunto "emergência informática". Até quase que ouvi as sirenes do INEM junto deste email. Brincadeira.

Dizia o seguinte:

olá, bom dia

Sou a Olívia que também colabora no blogue aprender uma coisa por dia e estou desesperada, quem sabe não me podes ajudar...
acho que o meu computador de trabalho foi invadido por um vírus, depois de pesquisar consegui remover aquilo, mas o programa que uso para fazer a contabilidade agora não abre... estou assim para o desesperada!
Quando tento abrir aparece a mensagem:
 Runtimeerror 440Automationerror
Isto é grave não é?
Fico muito grata, se puderes ajudar-me (à distância).
 
 
O que aconteceu à nossa querida Olívia, é um problema muito comum. Programas que são incompatíveis. E, geralmente, são programas instalados no nosso computador (às vezes sem que nos apercebamos disso), através de vírus.
 
O antivírus procura e remove os vírus, mas não desinstala programas que possam advir através deles!!
 
Após um computador estar infectado e aparentemente o problema ficar resolvido, devemos sempre aceder ao "Painel de Controlo" - "Desinstalar um programa". Nessa janela aparecerá todos os programas instalados no nosso computador. Irão verificar que alguns deles conhecem, outros não.
Mas atenção! Nada de desinstalar programas que não conhece, pois pode cometer um erro e desinstalar algo que possa ser importante para o pc e que desconhecia.
 
Um truque que uso sempre é as datas em que os respectivos programas foram instalados. Ou seja, se eu ontem tive um vírus no computador, irei ao menu "desinstalar um programa" e irei verificar se, na data de ontem, foi instalado algum programa que eu tenho a certeza que não instalei!
 
Mas o que aconteceu à Olivia, foi diferente. O seu antivírus pediu-lhe para instalar um programa que, à partida, seria para melhorar o seu desempenho. Acontece que o seu programa de contabilidade não gostou. E aqui temos, nada mais nada menos, que uma incompatibilidade de programas.
 
Já dei este exemplo aqui e volto a referi-lo, se no nosso local de trabalho, desempenharmos funções com alguém das quais não nos identificamos, o trabalho não irá correr tão bem como desejado.
 
O mesmo acontece com o programas informáticos. Por questões de marcas e afins, existem programas que não são compatíveis e, ao instala-los, um deles pode recusar-se a abrir.
 
Expliquei-lhe tudo isto e, minutos depois, recebo um email de mil agradecimentos por a ter ajudado. A Olívia desinstalou o tal programa que o antivírus lhe pediu para instalar, e o seu programa de contabilidade abriu sem qualquer problema.
 
Tenham sempre atenção àquilo que instalam no vosso pc, ou ao que é instalado sem o vosso consentimento.
 
Cumprimentos,