Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Dia da Mulher e os Direitos das Mulheres

Hoje, 8 de Março, comemora-se o Dia Internacional da Mulher.

dia mulher.jpg

 

E como muitas mulheres gostam de comemorar este dia, fiquem a saber mais um pouco acerca da verdadeira história do Dia da Mulher.

 

Durante séculos, a mulher tinha como única função, ser mãe, esposa e dona de casa. Porém, essa realidade foi mudando e começaram a trabalhar em fábricas, mas com salários bem mais baixos que os homens e em condições precárias.

Isto foi acontecendo um pouco por todo o mundo, especialmente nos Estados Unidos, e foi assim que as mulheres se juntaram e fizeram greves para reivindicarem salários justos, melhores condições de vida e de trabalho.

Assim surge o 1º Dia da Mulher nos Estados Unidos em 1903, onde se juntaram cerca de 1500 mulheres que se manifestaram em prol da igualdade económica e política do país.

Na Rússia, o Dia da Mulher foi oficializado em 1917, com 90000 operárias a manifestarem-se contra o Czar Nicolau II, as más condições de trabalho, a fome e a participação russa na 1º Guerra Mundial. Esta manifestação conhecida por Pão e Paz, fez com que as mulheres mostrassem o seu descontentamento e pedissem pão e o regresso dos seus maridos da guerra. Esta manifestação decorreu a 8 de Março e assim ficou escolhido dia para o Dia da Mulher.

Porém, só em 1945 é que a Organização das Nações Unidas assinou o primeiro acordo internacional que afirmava princípios de igualdade entre homens e mulheres. No entanto, só em 1975 é que se começa a comemorar oficialmente o Ano Internacional da Mulher e em 1977 o "8 de março" foi reconhecido oficialmente pelas Nações Unidas.

A partir daqui, o 8 de Março passou a ser um momento de mobilização para a conquista dos direitos e para discutir as discriminações e violências morais, físicas e sexuais ainda sofridas pelas mulheres. É também o dia de reconhecer a importância e contributo da mulher na sociedade.

Nos últimos anos, a festa comemorativa do Dia da Mulher é aproveitada por muitas delas, para saírem de casa e festejar com as amigas, o dia que lhes é dedicado, enquanto os homens ficam em casa a desempenhar as tarefas que, tradicionalmente, lhe são imputadas: arrumar a casa, fazer a comida, tratar dos filhos, etc..  É também comum serem enviadas às mulheres mensagens de apreço e homenagem, e fazerem-se pequenas surpresas, como o envio de flores e chocolates.

 

E como este dia é o Dia das Nações Unidas para os Direitos das Mulheres e para a Paz Internacional, aqui vão os Direitos das Mulheres para quem não os conhece, segundo a ONU:

 

Direito à vida.

Direito à liberdade e à segurança pessoal.

Direito à igualdade e a estar livre de todas as formas de discriminação.

Direito à liberdade de pensamento.

Direito à informação e à educação.

Direito à privacidade.

Direito à saúde e à protecção desta.

Direito a construir relacionamento conjugal e a planejar sua família.

Direito a decidir ter ou não ter filhos e quando tê-los.

Direito aos benefícios do progresso científico.

Direito à liberdade de reunião e participação política.

Direito a não ser submetida a torturas e maltrato.

 

Fonte 1; Fonte 2; Fonte 3

 

 

Post também publicado aqui.

 

4 comentários

Comentar post