Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

coisas que parecem mentiras e afinal...

1. o tomacco.

não, meus amores, não é tomate, é tomacco.

quem gosta de simpsons sabe de um episódio em que o bart cria uma fruta nova, metade tomate, metade tabaco. e o que é que isso tem de extraordinário, tendo em conta que nos simpsons há tudo e mais duas pilas? é que um agricultor, aqui neste mundo de pessoas não amarelas, criou essa magnifica fruta. e não só criou a dita como teve sucesso.

não é bonito? 

tomacco.jpg

 

 

2. três mamilos.

ah, quem não se lembra desta foto?

jasmine-tridevil-tres-seios.jpg.png

e agora ponha a mão no ar quem sempre pensou que era uma montagem!

(estou com os dois braços estendidos).

pois que... diz-se que si, é uma montagem.

o que é que é real? é que podia ser verdade visto que dois por cento do mulherio tem uma teta a mais! ah pois, meus senhores, dois por cento das mulheres têm não uma, não duas mas três mamocas. ali. dadas pela natureza e não pelo dinheiro.

alguém já viu alguma?

 

3. mão desgovernada

é coisa de filmes a nossa própria mão ganhar vida e fazer coisas contra a nossa vontade, não é? tipo, apalpar o vizinho, tirar macacos no nariz ou, em casos extremos, asfixiar o nosso pescoço.

parece mentira... mas não é!

é um distúrbio chamado síndrome da mão alienígena.

eu sofro disso, por exemplo, sempre que levo chocolate à boca. 

 

4. hipnotizar galinhas

o quê, não acreditam? fazem mal. é possível. e como gosto de vós explico o procedimento:

* pega-se na galinha e baixa-se a cabeça da dita até ao chão. (sem magoar, oh brutos).

* com o bico encostado no chão, desenha-se uma linha recta a partir do desgraçado do bico, em frente.

* agora repara-se na galinha, hipnotizada, a olhar para a linha recta, parada, em transe.

fica muito mais fácil de a transformar em cabidela.

 

5. morrer de rir.

literalmente. completamente real e chama-se caso de hilaridade fatal, fina-se, falece e entra no outro mundo de tacha arreganha, roxa, sem sensibilidade nos beiços e ofegante. 

sigam o meu conselho e mantenham-se carrancudos. pela vossa saúde.

 

inté à semana gente.