Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

A verdadeira origem da "dor de cotovelo"

slide20.jpg

 

A maioria dos grandes nervos do corpo está protegida por músculo, osso e outros tecidos.

A exceção a tal, é o nervo cubital, que atravessa o braço de cima a baixo, passando pelo cotovelo. Este nervo comanda os dedos anelar e mínimo e envia informação sensorial ao sistema nervoso central, sendo fundamental para conseguirmos dobrar os dedos e o pulso.

Quando se bate com o cotovelo, o úmero toca no nervo e choca contra os axónios do mesmo, o que o cérebro interpreta como uma sensação de formigueiro dolorosa.

Se repararmos, não é o cotovelo que dói, dado que não existem recetores para a dor na região do cotovelo, sendo esta dor, um produto da pancada de outro local no corpo.

Por norma, ocorre uma sensação dolorosa forte e prolongada, mas que acaba por passar. É então daqui, que deriva a expressão popular "dor de cotovelo", que está figuradamente relacionada com sentimentos de inveja.