Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

5 dicas de como obteres retorno do teu blog

portanto, começaste agora um blog ou até, quem sabe, já o tens há algum tempo e não sabes como fazer para que as pessoas o leiam. 

entendo.

não é fácil dedicar tempo, alma e coração a algo e perceber que, tirando a nossa avó e um ou dois colegas cuscos, ninguém mais se dignou a ler o que escrevemos. é desmotivante e pode levar a que penses em desistir (não o faças, não o faças).

posto isto, tendo em conta a minha opinião pessoal e experiência no blog eagora? sei lá!  - que escrevo há uns anos - deixo-te ficar as minhas dicas de como obter retorno através da escrita de um blog.

 

 

1. DESCOBRE QUAL É O TEU OBJETIVO

 

como em tudo na vida, ora essa.

quando decides emagrecer traças um objectivo - ou vários: quero emagrecer dez quilos; quero perder vinte centímetros nas ancas; quero retirar peso do queixo e pô-lo no rabo. o mesmo quando decides aprender a cozinhar: quero provar à minha mãe que as minhas migas são melhores do que as dela. percebe-se a ideia.

então por que é que quando começas um blog não traças um objectivo?

questiona e responde o mais sinceramente:

o que queres do teu blog? palmadinhas ao ego? disciplina de escrita? fazer amigos? ter parcerias que te permitam uma stock de papel higiénico vitalício? receber em casa latas de conserva para os jantares?

é que se não sabes o que pretendes e te limitas a descarregar palavras é muito normal que chegues ao fim com um monte de amigos quando o que querias era um monte de hotéis. ou com dezenas de livros, por exemplo, quando na verdade o que querias mesmo, mesmo, mesmo era dezenas de pessoas com quem falar.

responde a ti próprio(a): o que pretendo eu com este pedaço de internet que alimento?

 

2. PRODUZ CONTEÚDO QUE SE ADEQUE AO TEU OBJETIVO

 

que isto é tudo muito bonito, mas não me basta querer emagrecer vinte quilos. é também preciso não continuar a comer bolas de berlim, por exemplo.

logo, após perceberes o que pretendes, essencialmente, com o teu blog tens de delinear uma estratégia que te permita atingir tal e sobretudo, perceber o que não fazer.

vamos a um exemplo: se o que queres são parcerias com lojas de roupa não podes ter um blog que só fale de couves (como plantar, regar, colher, cozinhar, vender, espremer). ou se, por outro lado, o que te dava jeito era adquirires maquilhagem e ser famosa no mundo da moda, é um bocado difícil que tal aconteça se escreveres que a maquilhagem é uma coisa do demo. e ainda, se o que queres  é ser "pescado", à laia de um grande escritor, para uma editora qualquer e passar a produzir obras dignas de saramago, não podes ter um blog alimentado só por fotografias.

o conteúdo que produzes é, no fundo, o barco que te vai levar ao sítio que decidiste, mesmo que esse sítio seja apenas uma pequena ilha onde recebes dois ou três amigos e descarregas as frustrações dos teus dias. (se o que queres é isso tens, por exemplo, de escrever).

 

3. DÁ UM MOTIVO ÀS PESSOAS PARA TE LEREM/SEGUIREM

 

lembra-te da fábula da raposa e das uvas: "não interessa nada que não me leiam que eu também não queria".

até pode ser, em alguns casos, mas no geral se escreves online é porque queres que alguém te leia. é porque queres obter empatia/compreensão/amizade ou coisas grátis. de outro modo escrevias no word, por exemplo, ou em cadernos todos catitas que por ai andam. (mas importa não confundir "gostaria que me lessem" com "o blog só vale a pena se me lerem").

logo, para teres gente que te leia tens que perceber o seguinte: num mundo cheio de blogs, páginas, sites, e enfim, um maralhal de informação online,

i) o que dás aos teus leitores?

ii) o que te distingue de todos os outros?

é porque tens receitas culinárias que mais ninguém tem? (ah, aquela relvinha com frango, oregãos e grão de bico. que sabor. que original. que beleza). porque tens um humor interessante? ( mesmo sendo mais negrinho do que a peste?). porque escreves de forma distinta? (eu.adoro.escrever.e.não.interessa.que.não.o.saiba.fazer). porque as tuas opiniões distraem? porque tens informações que são válidas a quem lê? (como este post, por exemplo).

em suma, o que dá à tua ovelha a cor diferente das outras? 

 

4. RECORRE AO MARKETING DIGITAL

 

take your businessto the next level!.png

 

a sério. podes sempre passar algumas horinhas a ler sobre o assunto mas se não o quiseres fazer há dicas já bastante conhecidas e que resultam na hora de atrair pessoas. entre elas:

* escrever bem. e quando digo escrever bem não é produzir arte mas sim ter o mínimo de cuidado na forma como escreves. é que se uma gralha, um erro, uma frase mal construída são perfeitamente naturais e até ligeiramente aceitáveis na maioria dos casos - afinal ninguém vive disto e somos todos humanos - o mesmo não se pode dizer a todo o conteúdo do blog ser assente em erros ortográficos. além de irritar muita gente acaba por te pôr numa posição desconfortável. 

* interacção com outros blogues. primeiro porque é divertido (sobretudo quando um dos teu objectivos - como um dos meus - é ter mais contacto social). depois porque o facto de existirem outros blogs não tem qualquer relação com o teu conteúdo ser menos lido (aquela ideia de rivalidade muito comum). na verdade, quem escreve em blogs gosta - maioritariamente - de ler outros blogs pelo que a existir uma pseudo concorrência, a mesma é só saudável, acabando a interação com todos por se traduzir, na maior parte das vezes, numa relação win-win. 

* dá atenção a quem te lê através de, por exemplo, passatempos: acabas por presentear gente que perde tempo a ler-te (eu acho que ganha) e ainda consegues chegar a pessoas que provavelmente não chegarias.

(a propósito já participaste neste passatempo, no meu blog?

 

5. DIVERTE-TE

é.  a não ser que queiras viver monetariamente do teu blog, lembra-te que na maioria dos casos, produzir conteúdo num espaço da internet é um hobbie. e sendo um hobbie só faz sentido se obtiveres prazer dele, sem pressão, sem rivalidades (ele conseguiu mais do que eu, espero que parta uma perna), sem métricas rígidas (ninguém me comenta, vou fechar portas) e sobretudo fazendo-o apenas por fazer, porque sim, porque toda a gente faz:

 "põe quanto és no mínimo que fazes", já dizia o outro.

 

agora conta-me: por que tens um blog?

 

enquanto pensas nisso podes sempre ver mais dicas acerca deste assunto que já foram escritas aqui:

e não mais importante...

F I.pngvem ter comigo até ao blog - aqui, facebook - aqui,  e instagram - aqui 

1 comentário

Comentar:

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.