Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Mapas de responsabilidade bancária

Hoje a coisa é mais pessoal. O que vou explicar a seguir é algo que TODOS deviam fazer, pelo menos, 1 vez por ano civil. 

Como sabem, o sigilo bancário protege os vossos dados de outras instituições ou pessoas. No entanto, podem ter contas abertas com a vossa identidade ou terem créditos activos sem o saberem. 

O Banco de Portugal, obriga cada entidade bancária ou similar a descrever a identificação dos titulares de contas ou créditos. Mensalmente, estas entidades remetem os dados para o Banco de Portugal poder centralizar a informação. (Isto vai ter outras possibilidades, explicadas no fim, que dão jeito para situações especiais.) 

Como já referi, onde tem de ir é ao Banco de Portugal... na sua versão online. 

Ao entrarem no site, puxem para baixo e notem do lado direito da imagem a opção de Clientes Bancários. 

cliente bancário

Carreguem-lhe e são levados para os vários serviços disponíveis para qualquer contribuinte. Aqui, podem ir buscar a vossa senha de acesso ao site das finanças (a que usam para aceder ao E-factura ou entregar o IRS), pois vão precisar dela. 

serviços

 Ao chegarem à página do cliente bancário, tem vários serviços disponíveis. Neste caso, vamos falar dos 2 da primeira linha BCB (base de dados de contas bancárias) e o CRC (central de responsabilidades de crédito). (Já falo dos outros, pois também são de boa utilização para situações complicadas que podem acontecer a qualquer momento.) 

Então, começando pela esquerda, carreguem no BCB. 

base contas

Recebem a informação do que estão a pedir. Não se esqueçam de colocar o certo onde diz que aceitam as condições do acesso por via electrónica à base de dados de contas. Carreguem em obter mapa. 

autentica

Aqui são oferecidas várias possibilidades de identificação. Para cada cidadão, tem 2 hipóteses: usarem o cartão do cidadão (caso tenham leitor do cartão do cidadão e o respectivo sistema de segurança) ou usarem as credenciais de acesso ao portal das finanças (NIF e senha). É essa que vão usar. Carreguem na linha. 

autentica2

E são levados para esta página. Tem de colocar o certo onde diz que permitem que o número seja fornecido ao BDP (Banco de Portugal) e introduzirem o NIF onde diz Utilizador e a senha. Pressionem OK. 

E são levados de volta à página anterior. Aqui é muito importante que o vosso computador permita o download do documento. Já que o documento não é exibido. O vosso browser irá pedir para guardarem um documento de nome Mapa_BCB.pdf . Guardem no ambiente de trabalho, é o mais simples. 

Antes de ir espreitar o mapa, aproveitem para usar a barra superior e escolherem Serviços ao público. Para voltarem aquela janela com as 8 opções para particulares. Pressionem o do meio da primeira fila. CRC. 

mapa responsabilidades credito

Novamente coloquem o certo em como aceitam as condições e pressionem Obter mapa. O mapa será processado, pode demorar alguns segundos, caso tenham vários empréstimos activos onde estão a pagar prestações. O documento que vos pede para gravar chama-se Mapa_CRC.pdf. Guardem no ambiente de trabalho. Em vez de fecharem o separador do site, olhem para o topo dessa janela. Vão lá ver o vosso nif, quase na ponta direita da janela e um botão que diz Fechar sessão. Carreguem em fechar sessão. 

Ora, agora tem 2 mapas no vosso computador. Abram o Mapa_BCB.pdf no programa que tenham para ler pdf (até poderá abrir no browser, caso o tenham definido). 

contas

E irão ver um mapa com todas as contas que vocês abriram, encerraram, todos os cartões de crédito e todos os cartões similares a crédito (como de supermercados ou lojas que tem cartões de pagamentos). É aqui que dá muito jeito confirmar quais são os que ainda estão activos. E que podem encontrar alguma coisa que não bate certo, como aparecer um cartão de crédito numa empresa para a qual vocês nunca fizeram a requisição. (Os nomes das empresas variam. Neste caso o que tem na parte de baixo da imagem é um cartão de uma cadeia de lojas portuguesa) 

Neste mapa vão ver os vossos números de cartões, números de contas e se ainda estão activas ou já foram canceladas/eliminadas. Daí que devem obter um mapa destes, pelo menos, 1 vez por ano. Conferirem que os cartões de crédito activos são aqueles que vocês tem e que as empresas/bancos cancelaram, efectivamente, os cartões que desistiram ou não renovaram. 

Podem guardar este mapa no vosso computador, para o caso de precisarem de alguma identificação de um banco ou instituição similar, já que estão identificadas pela origem e não pela empresa que vos forneceu o cartão. 

E tem o outro mapa, o Mapa_CRC.pdf. 

creditos

Este mapa possuí todos os empréstimos que vocês tenham pendentes de pagamento naquela data. Quer sejam créditos para habitação, créditos para automóveis, créditos para viagens, créditos do supermercado ou pagamentos com o cartão de crédito ainda pendentes. 

Este mapa dá jeito para consultarem os valores mensais da vossa despesa com créditos pessoais. Se já ouviram falar do Rating de Crédito, esta é uma das peças mais importantes para ele. 

 

Como notaram, no caso do mapa de contas, tem todas as contas/cartões que vocês registaram com serviços financeiros. Existe uma utilidade muito grande para um mapa daqueles: no caso do falecimento de um familiar, é necessário proceder ao encerramento das contas e cancelamentos dos cartões existentes. Obtendo este mapa, com o NIF e senha da pessoa falecida, podem verificar onde estão as contas (pessoas mais idosas ainda tem um gosto em ter uma conta neste ou naquele banco, que os descendentes não sabem que existe) e os cartões activos. Ao terem a identificação, podem dirigir-se a qualquer balcão ou representação e tratar de cancelar as coisas, bastando apresentar a certidão de óbito e, caso das contas bancárias, a declaração de partilhas. E aqui entra outra daquelas 8 opções dos serviços. Um dos serviços é a lista de contactos, directos, para TODAS as instituições de crédito-financeiras que existem em Portugal. Tanto neste caso, como a perda ou roubo de cartões, caso não tenham o número do vosso banco, podem ir consultar qual é o contacto ali no site (não necessita de login). 

Os outros serviços, no caso do risco de cheques, só é possível realizar a consulta tendo o leitor de cartões de cidadão. Só pelo NIF não é possível de realizar o serviço. Também podem notificar o Banco de Portugal sobre o extravio ou roubo de documentos ou identificações online. (normalmente notificam o vosso banco e eles transmitem a informação ao BDP)

Nas opções inferiores, podem apresentar queixas contra uma instituição bancária, que não vos tenha dado uma resposta certa ou atempada sobre alguma situação. Nas outras duas, são de mera consulta, pois o BDP não remete moedas ou notas, só sendo possível obter os formulários para aquisições nas tesourarias do BDP, assim como saber a localização da tesouraria mais próxima de onde residam. 

No entanto, existe uma outra área, que dá jeito para quem gosta de conhecer as moedas que são emitidas em Portugal. A listagem das moedas comemorativas, por cada ano. Aqui estão as 2 divisões: Moedas comemorativas são moedas de 2 euros que circulam livremente em todo o espaço comunitário; Moedas de colecção, são moedas que tem o seu valor facial válido em Portugal, qualquer loja portuguesa deve aceitar essas moedas como meio de pagamento. Fora do país é que não tem valor legal de circulação. 

As marcas do país trocado

Há marcas que fazem mais ou menos como aqueles casais do bairro da lata que chamam Carminho e José Maria aos filhos. Ou seja, os donos dão-lhes um nome que as fazem parecer uma coisa que não são, para obterem respeito. No caso, para parecer que são doutro local. Doutro país. 
Chama-se a isto, nos meandros do marketing, o foreign branding. Por exemplo, é muito comum que as marcas de cosmética utilizem nome que soam franceses porque lhes reconhecemos autoridade nisso da beleza e da moda, ou que marcas orientais usem nomes ingleses por uma questão de globalização. Eu também devia ter dado um nome francês ao meu blog (se quisesse usar esta técnica) porque é o país de onde saíram mais premiados com o Nobel da Literatura. Estou mesmo a considerar passar a Marie des Mots

Algumas marcas bem conhecidas, pelas quais dávamos uma perninha, batendo com a mão no peito, jurando que são daqui ou dali...não são. Querem jogar às adivinhas? Vamos a isso. 

A galeria de fotos seguinte apresenta-vos a marca e logo a seguir (cliquem na seta) revela o país a que pertence. Depois digam-me nos comentários quantas acertaram (se tiveram de julgar pelo nome, claro).

 

 

 

Quando boceja um português, bocejam 2 ou 3

 

Quando vê-mos uma pessoa a bocejar, mesmo não tendo vontade de dormir ou aquela preguiça, automaticamente abrimos a boca também.

E…meus amigos, porque é que isto acontece?

Até há bem pouco tempo nenhuma das teorias era considerada 100% fiável ou concreta mas, cientistas da Universidade de Viena em conjunto com algumas universidades dos EUA realizaram estudos em conjunto com várias amostras de população e concluíram que o bocejo contagioso ocorre mais frequentemente em pessoas que vivem em locais onde a temperatura ambiente é considerada amena – em muito fria nem muito quente – como é o caso aqui do nosso Portugal.

As pessoas sentem vontade de bocejar pois é um mecanismo de sobrevivência com o efeito colateral de refrescar o cérebro, tornando-nos mais atentos e menos propensos a adormecer.

Pode ser comparado a um processo de comunicação no qual o corpo é o emissor e o cérebro o receptor.

O bocejo pode dar-se antes ou depois de dormir, quando estamos entediados ou sob stress.

Contagioso ou espontâneo, os cientistas afirmam que o bocejo está diretamente relacionado com a regulação de temperatura e oxigenação do cérebro.

fotos-engracadas-no-facebook-bocejar.jpg

 (imagem retirada da Internet)

 

Então, já te fiz bocejar hoje? 

 

 

Dicas para evitar as alergias

Parece que finalmente  chegou a primavera e o bom tempo, mas infelizmente com ela vêm também as famosas Alergias. Durante esta semana os níveis de polén no ar são bastante elevados o que é uma má notícia para quem sofre de alergias.

 

alergias.jpg

 

 

Assim, aqui ficam alguns conselhos para quem sofre também desse mal, principalmente as alergias ao pólen:


- Use e abuse de óculos escuros;
- Evitar secar a roupa ao ar livre quando os índices de pólen estão elevados;
-Tome banho antes de ir para a cama para evitar a deposição de resíduos no travesseiro e na cama;
- Ande de carro com as janelas fechadas;
- Mantenha as janelas de casa fechadas em dias com vento o maior tempo possível, devendo abri-las logo a seguir ao almoço, que é quando os índices de pólen estão mais baixos;
- Mantenha a casa limpa , especialmente os tapetes, carpetes, colchões e almofadas;
- Evite espaços verdes onde os níveis de pólen são elevados;
- Quando anda de moto, use um capacete inteiro;
- Limpar frequentemente os filtros do Ar Condicionado e use um filtro anti-pólen;
- Evitar fazer actividades ao ar livre em dias ventosos.

Casamento Português - Tradições

Hoje quero homenagear aqui as noivas portuguesas em geral e a noiva M.J. em particular, sei que será uma noiva de Maio e por isso resolvi pesquisar sobre as tradições do casamento tipicamente português*.

 

Se bem que a M.J. já fez saber que não há cá arroz lançado sobre as cabeças dos noivos e nem fitinhas de tule no carro... aguardemos as fotos que a Maria nos vai mostrando no istagram...

 

 

  • «Tudo começa com o encontro na casa do noivo/noiva, onde se junta a família e amigos de cada um, respectivamente, e onde se serve a que será a primeira refeição antes da cerimónia. Coisas leves, como canapés e entradas. Esta comida normalmente é caseira, preparada pela mãe ou alguém da família do noivo/a.»

 

  • «Ainda em casa, os convidados recebem pedaços de tule para decorarem os seus carros, nos quais vão em "procissão" até ao local onde se realiza a cerimónia. E nesse percurso o não pode faltar são as famosas buzinadelas. Toda a terra ou cidade tem de saber que há um casamento naquele dia!»

 

  • A cerimónia típica de um casamento português pode ser também religiosa, ou seja, realiza-se numa igreja e seguindo os seus preceitos

 

  • «À saída os noivos levam com uma "chuva" de arroz e pétalas de rosa. Curiosamente a tradição do arroz foi adotada da tradição chinesa e significa fertilidade, abundância. Enquanto as pétalas representam o amor»

 

  • «Após a cerimónia, os noivos e convidados dirigem-se para o local do banquete e da festa. Servem-se novamente canapés, entradas e aperitivos, enquanto os noivos tiram fotografias os dois e depois com os convidados.»

 

  • Depois disto e finalmente passa-se ao banquete oficial. Os noivos dão início à refeição entrando na sala, enquanto são aplaudidos pelos convidados.

 

  • Depois de algumas horas, começa o tão esperado baile, aberto por uma valsa entre os noivos. A tradição manda que a noiva comece a dançar com o pai, que depois entrega a sua filha ao seu recente marido, tal como faz quando a leva ao altar. E a partir daqui a pista está aberta! Toda a gente dança, dos mais novos aos mais velhos. A música habitual e mais divertida que se ouve nesta festa é a música popular portuguesa. E casamento não é casamento, sem um comboio! Toda a gente se junta em fila a dançar, à medida que percorrem a sala.

 

  • Durante o baile, várias coisas acontecem:
    • Os noivos oferecem pequenos presentes de recordação deste dia tão importante nas suas vidas. O mais típico são os charutos aos homens.
    • Lança-se o tão esperado bouquet às convidadas solteiras. A noiva vira-se de costas para o grupo de raparigas solteiras, sem as ver e lança-o para trás, à sorte.
    • Parte-se o bolo da noiva e serve-se champanhe. Como tradição o bolo é partido pela noiva e pelo noivo ao mesmo tempo, significando que irão partilhar uma vida juntos.

     

  • E continua-se a dançar, a comer e a beber.

    • Até que já de madrugada é servido uma das coisas mais típicas portuguesas e também mais típicas de um casamento português e isto sim, por mais globalização que exista continua a ser só nosso: osaboroso caldo verde, que reconforta o estômago depois das energias gastas a dançar.
    • A última tradição da noite é a decoração do carro, onde os noivos partirão rumo à sua nova vida. Normalmente usam-se latas, que penduradas no carro, vão arrastando e fazendo o ruído e alarido desejados. Uma festa de casamento tipicamente portuguesa, é uma festa marcada principalmente por muita comida, música e alegria.

 

single-flower-bouquet-sunflower-600x799.jpg

 

 

Parabéns M.J.!

Aguardamos a reportagem!

 

 

 ---

*(queria ser mais original, mas o tempo não me permitiu escrever um texto daí que sejam excertos da página acima referida)

Engasgues frequentes?

      Na semana passada fiz-vos reflectir sobre a forma como engolimos, apenas para esta semana conseguir-vos explicar o que é a disfagia. A disfagia sempre foi uma das temáticas da Terapia da Fala que mais medo me causava, por uma simples razão, más práticas podem levar a problemas gravíssimos de saúde para com o doente ou até mesmo a sua morte. A primeira vez que fiquei num gabinete com uma pessoa com disfagia quase que tinha um ataque de tão nervosa que estava, daí num curto espaço de tempo ter tirado um curso específico sobre esta área de intervenção, agora pensem no quão séria é esta área.

(Imagem retirada daqui)

 

     Antes demais, o que é a disfagia? Cientificamente a disfagia é 'um distúrbio da deglutição, presente na alimentação. A dificuldade pode prender-se com o início da deglutição, denominada disfagia orofaríngea, ou pode relacionar-se com a retenção com algum tipo de alimento na passagem do mesmo para o estômago'. Muitas vezes começa com simples sintomas, como engasgar-nos frequentemente com determinados tipos de alimento, dificuldades ou demorar mais a engolirmos e até dores ao engolir.

        O tipo de disfagia depende do local onde se sente alteração ou mesmo dor. Assim, quando alguém sente dificuldade em iniciar a deglutição, quando existe presença de regurgitação nasal (sai alimento pelo nariz), tosse, redução do reflexo de tosse, engasgamento, mau hálito e som anasalado, o tipo de disfagia é a orofaríngea. Mas disso não será tão necessário assim saber-se, o importante é estar-se atento a estes sinais de alerta.

         Quando os primeiros sinais surgem de disfagia é importante dirigir-se a um médico, pois a disfagia tem consequências graves como pneumonias. Uma doença silenciosa que muitas vezes não surge de uma simples constipação, mas de uma aspiração de alimento para os pulmões, quando a protecção da via não funciona normalmente. Outra consequência será a falta de nutrição, a falta de apetite, a dificuldade em que surja um alimento que facilite a deglutição, o que poderá levar à perda de peso e mesmo de hidratação.

           As causas da disfagia, essas ainda são variadas, poderá advir de um AVC, de uma lesão nos nervos responsáveis pela deglutição ou estruturas que lhes estão subjacentes e até mesmo da velhice. É necessário lembrar que todas as nossas estruturas estão envolvidas por músculos, e tal como acontece nas pernas e em outras partes do corpo, estas com a idade perdem funções e esse processo acontece em todo o corpo, incluindo na laringe (responsável pela protecção de entrada de líquido para os pulmões durante a alimentação).

Aos 2 minutos de vídeo podemos ver a disfagia de uma forma mais elucidativa.

 

A reter? Aos primeiros sinais consistentes de disfagia à que procurar um profissional de saúde.

 

De volta

Após uma longa ausência (qualquer dia expulsam-me daqui :P ), a qual eu peço desculpa mas foi por motivos profissionais e pessoais... vou partir este post em duas partes.

 

Primeira parte

Para melhor me orientar por aqui gostaria de pedir sugestões sobre que assuntos da área do cinema e televisão gostariam de ver aqui retratados. Biografias? Curiosidades? Novidades? Ajudem-me a tornar este espaço vosso!

 

Segunda parte

Para quem gosta de Harry Potter e especialmente, Twillight, hoje é o aniversário do ator Robert Pattinson. Faz 30 anos.

Nasceu em Barnes, Londres, mede 1,85 e começou a sua carreira como modelo.

Gosta de música, e toca guitarra e piano.

Tem duas irmãs mais velhas.

Inspira-se em Jack Nicholson.

Conhecido pela saga Twillight e pela sua participação especial em Harry Potter e o Cálice de fogo.

Fonte

 

Pessoalmente.... não gosto muito do jovem. :P

Como proteger uma conta do Instagram

O Instagram, propriedade do Facebook, conta com mais de 400 milhões de utilizadores activos por mês e com uma média de 80 milhões de fotos partilhadas por dia. A popularidade desta rede social levou a Kaspersky Lab a reflectir sobre a forma como utilizamos o Instagram e a quantidade e tipo de conteúdos que realmente partilhamos.

 

No momento de criar uma nova conta, a maioria dos utilizadores aceita os termos e condições sem fazer uma leitura prévia, deixando de lado a configuração dos níveis de privacidade de todas as fotografias que vai partilhar. A Kaspersky Lab dá quatro conselhos que, uma vez seguidos, permitirão usufruir da aplicação e partilhar os conteúdos de uma forma segura.

 

1. Password. Passo fundamental quando se cria uma conta. Assegure-se que escolhe uma password forte e única, que inclua letras, números e símbolos. Assim, evitará que os hackers a consigam obter facilmente.

2. Privacidade. Seleccione a opção de ‘Conta Privada’ dentro da secção ‘Opções’. Assim evitará que estranhos consigam ver as suas imagens. Isto é especialmente recomendável aos pais, por exemplo, que queiram partilhar com amigos e família as fotografias dos seus filhos.

3. Saber o que partilha. Como acontece com outras redes sociais, existem ferramentas que se introduzem na API do Instagram para facilitar, por exemplo, a partilha de imagens ou a participação em concursos. Mas já se perguntou se estas aplicações necessitam realmente de toda a sua informação? Se não sabe a resposta, o melhor é iniciar sessão na sua conta do Instagram e verificar com que apps a sessão foi iniciada, já que a sua conta pode estar assim mais vulnerável.

4. Violação de contas. Este é um assunto muito popular com mais de 1300 milhões de resultados no Google a ensinar como fazer o ‘Instragram account hacking’. A Kaspersky Lab aconselha a nunca seguir esses links.

 

Via Kaspersky Lab.

 

instagram2.png

 

já não sei que diga

Pedem que os pais colaborem com a escola,que sejamos mais atentos com os nossos filhos,mas para mim não é normal o que me foi dito. Finalmente consegui falar com a professora do Boy. A senhora diz que já não sabe o que fazer ou dizer para o Boy estar concentrado dentro da saula de aula, a solução que ela achou mais evidente foi eu e o pai falarmos com o nosso filho. Eu disse à professora que procuro sempre falar com ele para saber o que se passou na escola,é um hábito de família. Ele diz que corre sempre tudo bem. O interesse dele pela escola é menor e as notas estão se a ressentir. O pai ja falou com ele, mas para mim ele dá palmadinhas nas costas porque a culpa é sempre da professora. O filho não tem tempo para brincar e pode ser isso que esteja a dificultar o interesse. Houvi isto ao telemóvel da boca dele caiu-me Carmo e a Trindade. Para mim ele brinca, entra as 9:00 até as 10:30 estuda,depois tem intervalo de meia hora e das 11:00 às 12:00 tem mais uma hora de estudo. Das 12:00 às 13:00 almoça e das 13:00 as 15:30 estuda, as 15:30as16:00 lancha e brinca,e depois tem atividades extra curriculares com duração de uma hora. Trabalhos de casa nao tem todos os dias e nem costuma ser em grande quantidade. Quando chega o fim de semana tem muito tempo para brincar, ver tv,ler,jogar jogos, faz o que quiser. Agora peço a vossa ajuda. O que fariam vocês se fossem eu?

Afta vs Herpes

 

Hoje trago-vos uma ajuda para distinguirem corretamente estes dois problemas muito comuns nos dias de hoje e que nos causam dor e incomodam bastante.

lesoes_bucais.jpg

 

 Definição:

Afta - é uma ferida em forma de úlcera dolorosa na boca, que costumam ser amareladas ou acinzentadas e surgem geralmente na língua e nas paredes internas da boca. 

Herpes - é uma lesão que ocorre na parte exterior dos lábios, muitas vezes mesmo ao redor da boca.

 

Causas:

Afta - muitos fatores estão na origem das aftas, como alimentos ácidos, mordidelas acidentais, o stress, poucas horas de sono, etc.. Não é contagioso.

Herpes -  é causado por um vírus e é contagioso, porém é desencadeado por múltiplas situações, como sol, frio, febre, stress e até por alguns alimentos. Há também vários tipos de acordo com a zona onde se desenvolve.

 

Aparência:

Afta - tem a aparência de uma úlcera, com as bordas bem delimitadas e mais altas que o centro que é acinzentada.

Herpes - o herpes labial começa com a formação de pequenas bolhas que rebentam e forma crosta ao fim de alguns dias. O centro é mais alto que as bordas.

 

Sintomas:

Afta - dor, ardor e região dorida. Desaparecem ao fim de 5 a 7 dias.

Herpes - as bolhas têm inflamação e devido a isso podem causar febre, mal estar geral e gânglios aumentados, além da dor e desconforto. A lesão demora 7 a 10 dias a desaparecer.

 

Tratamento:

Afta - aplicar com um cotonete diretamente por cima da afta uma mistura de água oxigenada diúída em água

Herpes - não há cura para o Herpes, no entanto aquando da sua aparição usam-se pomadas, comprimidos e antivirais para alívio dos sintomas.