Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

Séries: Castle

Assisti esta semana ao final da série Castle. Inicialmente os produtores estavam em dúvida se iriam continuar mesmo com a saída da protagonista (Stana Katic), mas a resolução final foi mesmo terminar a série no final de 8 temporadas!

Pessoalmente a série ao longo dos anos transmitiu-me sentimentos diversos... tem humor, aventura, crime, romance... mas não a qualidade de um csi por exemplo!

Se há episódios mais aborrecidos, outros há que até são bastante engraçados! De qualquer forma, é uma boa série para descontrair.

Quanto ao último episódio (e não querendo ser spoiler), não achei muita piada ao fim.... mas é a vida... não deixou a porta entreaberta a possíveis regressos, é só o que posso dizer!

 

 

Castle

2009-2016

 

After a serial killer imitates the plots of his novels, successful mystery novelist Richard "Rick" Castle receives permission from the Mayor of New York City to tag along with an NYPD homicide investigation team for research purposes.

 

Atores principais

Nathan Fillion - Castle

Stana Katic - Kate Beckett

 

IMDB - 8.2

 

Curiosidades

When Stana Katic first met Nathan Fillion, she had just gotten out of hair and makeup for the final callback between her and one other actress, and realized she was wearing a blouse that was too long. She asked for a pair of scissors, saw Nathan Fillion getting coffee, and greeted him. He asked if she wanted to run lines, and she replied, "No, but speaking of lines, can you cut a straight line?" To which he replied "I can try." And so he cut her blouse shorter for her. The producers saw this and she got the part.

 

Fonte

Mapas de responsabilidade bancária

Hoje a coisa é mais pessoal. O que vou explicar a seguir é algo que TODOS deviam fazer, pelo menos, 1 vez por ano civil. 

Como sabem, o sigilo bancário protege os vossos dados de outras instituições ou pessoas. No entanto, podem ter contas abertas com a vossa identidade ou terem créditos activos sem o saberem. 

O Banco de Portugal, obriga cada entidade bancária ou similar a descrever a identificação dos titulares de contas ou créditos. Mensalmente, estas entidades remetem os dados para o Banco de Portugal poder centralizar a informação. (Isto vai ter outras possibilidades, explicadas no fim, que dão jeito para situações especiais.) 

Como já referi, onde tem de ir é ao Banco de Portugal... na sua versão online. 

Ao entrarem no site, puxem para baixo e notem do lado direito da imagem a opção de Clientes Bancários. 

cliente bancário

Carreguem-lhe e são levados para os vários serviços disponíveis para qualquer contribuinte. Aqui, podem ir buscar a vossa senha de acesso ao site das finanças (a que usam para aceder ao E-factura ou entregar o IRS), pois vão precisar dela. 

serviços

 Ao chegarem à página do cliente bancário, tem vários serviços disponíveis. Neste caso, vamos falar dos 2 da primeira linha BCB (base de dados de contas bancárias) e o CRC (central de responsabilidades de crédito). (Já falo dos outros, pois também são de boa utilização para situações complicadas que podem acontecer a qualquer momento.) 

Então, começando pela esquerda, carreguem no BCB. 

base contas

Recebem a informação do que estão a pedir. Não se esqueçam de colocar o certo onde diz que aceitam as condições do acesso por via electrónica à base de dados de contas. Carreguem em obter mapa. 

autentica

Aqui são oferecidas várias possibilidades de identificação. Para cada cidadão, tem 2 hipóteses: usarem o cartão do cidadão (caso tenham leitor do cartão do cidadão e o respectivo sistema de segurança) ou usarem as credenciais de acesso ao portal das finanças (NIF e senha). É essa que vão usar. Carreguem na linha. 

autentica2

E são levados para esta página. Tem de colocar o certo onde diz que permitem que o número seja fornecido ao BDP (Banco de Portugal) e introduzirem o NIF onde diz Utilizador e a senha. Pressionem OK. 

E são levados de volta à página anterior. Aqui é muito importante que o vosso computador permita o download do documento. Já que o documento não é exibido. O vosso browser irá pedir para guardarem um documento de nome Mapa_BCB.pdf . Guardem no ambiente de trabalho, é o mais simples. 

Antes de ir espreitar o mapa, aproveitem para usar a barra superior e escolherem Serviços ao público. Para voltarem aquela janela com as 8 opções para particulares. Pressionem o do meio da primeira fila. CRC. 

mapa responsabilidades credito

Novamente coloquem o certo em como aceitam as condições e pressionem Obter mapa. O mapa será processado, pode demorar alguns segundos, caso tenham vários empréstimos activos onde estão a pagar prestações. O documento que vos pede para gravar chama-se Mapa_CRC.pdf. Guardem no ambiente de trabalho. Em vez de fecharem o separador do site, olhem para o topo dessa janela. Vão lá ver o vosso nif, quase na ponta direita da janela e um botão que diz Fechar sessão. Carreguem em fechar sessão. 

Ora, agora tem 2 mapas no vosso computador. Abram o Mapa_BCB.pdf no programa que tenham para ler pdf (até poderá abrir no browser, caso o tenham definido). 

contas

E irão ver um mapa com todas as contas que vocês abriram, encerraram, todos os cartões de crédito e todos os cartões similares a crédito (como de supermercados ou lojas que tem cartões de pagamentos). É aqui que dá muito jeito confirmar quais são os que ainda estão activos. E que podem encontrar alguma coisa que não bate certo, como aparecer um cartão de crédito numa empresa para a qual vocês nunca fizeram a requisição. (Os nomes das empresas variam. Neste caso o que tem na parte de baixo da imagem é um cartão de uma cadeia de lojas portuguesa) 

Neste mapa vão ver os vossos números de cartões, números de contas e se ainda estão activas ou já foram canceladas/eliminadas. Daí que devem obter um mapa destes, pelo menos, 1 vez por ano. Conferirem que os cartões de crédito activos são aqueles que vocês tem e que as empresas/bancos cancelaram, efectivamente, os cartões que desistiram ou não renovaram. 

Podem guardar este mapa no vosso computador, para o caso de precisarem de alguma identificação de um banco ou instituição similar, já que estão identificadas pela origem e não pela empresa que vos forneceu o cartão. 

E tem o outro mapa, o Mapa_CRC.pdf. 

creditos

Este mapa possuí todos os empréstimos que vocês tenham pendentes de pagamento naquela data. Quer sejam créditos para habitação, créditos para automóveis, créditos para viagens, créditos do supermercado ou pagamentos com o cartão de crédito ainda pendentes. 

Este mapa dá jeito para consultarem os valores mensais da vossa despesa com créditos pessoais. Se já ouviram falar do Rating de Crédito, esta é uma das peças mais importantes para ele. 

 

Como notaram, no caso do mapa de contas, tem todas as contas/cartões que vocês registaram com serviços financeiros. Existe uma utilidade muito grande para um mapa daqueles: no caso do falecimento de um familiar, é necessário proceder ao encerramento das contas e cancelamentos dos cartões existentes. Obtendo este mapa, com o NIF e senha da pessoa falecida, podem verificar onde estão as contas (pessoas mais idosas ainda tem um gosto em ter uma conta neste ou naquele banco, que os descendentes não sabem que existe) e os cartões activos. Ao terem a identificação, podem dirigir-se a qualquer balcão ou representação e tratar de cancelar as coisas, bastando apresentar a certidão de óbito e, caso das contas bancárias, a declaração de partilhas. E aqui entra outra daquelas 8 opções dos serviços. Um dos serviços é a lista de contactos, directos, para TODAS as instituições de crédito-financeiras que existem em Portugal. Tanto neste caso, como a perda ou roubo de cartões, caso não tenham o número do vosso banco, podem ir consultar qual é o contacto ali no site (não necessita de login). 

Os outros serviços, no caso do risco de cheques, só é possível realizar a consulta tendo o leitor de cartões de cidadão. Só pelo NIF não é possível de realizar o serviço. Também podem notificar o Banco de Portugal sobre o extravio ou roubo de documentos ou identificações online. (normalmente notificam o vosso banco e eles transmitem a informação ao BDP)

Nas opções inferiores, podem apresentar queixas contra uma instituição bancária, que não vos tenha dado uma resposta certa ou atempada sobre alguma situação. Nas outras duas, são de mera consulta, pois o BDP não remete moedas ou notas, só sendo possível obter os formulários para aquisições nas tesourarias do BDP, assim como saber a localização da tesouraria mais próxima de onde residam. 

No entanto, existe uma outra área, que dá jeito para quem gosta de conhecer as moedas que são emitidas em Portugal. A listagem das moedas comemorativas, por cada ano. Aqui estão as 2 divisões: Moedas comemorativas são moedas de 2 euros que circulam livremente em todo o espaço comunitário; Moedas de colecção, são moedas que tem o seu valor facial válido em Portugal, qualquer loja portuguesa deve aceitar essas moedas como meio de pagamento. Fora do país é que não tem valor legal de circulação.