Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aprender uma coisa nova por dia

Nem sabe o bem que lhe fazia

O Pampilho

Continuando com a gastronomia aqui da região, hoje falo-vos do Pampilho. Há uns anos, em Lisboa, pedi numa pastelaria se tinham pampilhos, do outro lado tive como resposta um efusivo: "O quê???"

 

Na verdade, o pampilho sempre foi um dos bolos de pastelaria mais vendidos na minha região, como era possível que em Lisboa não soubessem sequer o que era? 

 

Hoje vamos aprender: o que é afinal um pampilho

 

É a vara comprida que os campinos usam para conduzir o gado nas pastagens do Ribatejo!

Hoje em dia já pouco se vêem na sua função original, mas em qualquer festa ribatejana que se preze haverá sempre um campino trajado a rigor com o seu pampilho!

 

pampilho.jpg

 

Em homenagem a esta, tão digna e difícil arte, foi criado na região este magnífico bolo de pastelaria com doce de ovos e canela no interior, que na versão moderna também pode ter chocolate. Os melhores pampilhos são os que, embora estejam tostados por cima, tenham a massa mal cozida por dentro... pois se estiverem muito cozidos por dentro tornam-se secos e sem aquele creme delicioso!

 

Pampilhos-2.jpg

 

 

Dá-me a sensação de que eles estão à venda, não só em Santarém e em Lisboa, mas um pouco por todo o país, é só perguntarem por eles... mas...

 

... Para quem gosta de se aventurar na cozinha podem consultar uma das várias receitas disponíveis na internet, encontrei esta por exemplo!

 

 

 ---

 

Nota final aos nossos queridos mestes do Sapo Blogs, acrescentem esta palavra no vosso/nosso corretor ortográfico, pode ser? Obrigada!

 

 

 

 

 

O meu filho tem gaguez?

(Imagem retirada daqui)

 

       A gaguez é um termo ainda muito complexo para a sociedade, muitos serão capazes de dizer que é apenas uma questão psicológica, outros uma questão apenas motora, mas a verdade é que a gaguez pode ser uma combinação das duas ou de nenhuma delas. Muitas vezes, a gaguez, é um grande receio para os pais 'Será que o meu filho é gago?', 'Será que a gaguez tem cura?', são sempre questão que lhes surgem nos pensamentos quando ouvem os primeiros sinais de repetição de sons ou hesitações em falar.

 

       O que é a gaguez? 

       A gaguez é uma perturbação na fluência do discurso, inapropriado à idade do indivíduo, ou seja, a fala da pessoa é caracterizada por repetições ou prolongamentos frequentes de sons ou sílabas. O grau de perturbação varia e frequentemente é mais severo quando existe uma pressão especial para se comunicar (por exemplo: falar para a turma na escola, ser entrevistado para um emprego, etc.). 

      Normalmente, quando uma pessoa gagueja, pode tentar evitar o problema alterando a velocidade da fala para mais lenta, evitando certas situações, ou evitando certas palavras ou sons que lhe sejam mais difíceis. A gaguez pode ainda ser acompanhada por 'tiques' físicos.

 

        Quando surgem os primeiros sinais?

        Os primeiros sinais de Gaguez surgem por volta dos 2 e os 5 anos, noutros casos podem até nem surgir antes dos 12/13 anos. No entanto, é preciso ter em atenção que numa fase inicial do desenvolvimento (quando as crianças ainda estão a aprender a falar) é normal as crianças apresentarem repetições de sons, palavras e frases. É preciso ter então em atenção outros sinais que nos possam levar às suspeitas de gaguez, como as hesitações e até as dificuldades em falar em determinados contextos e se essas características persistem a partir dos 5 anos.

         Os autores defendem que a gaguez surge de uma forma gradual, com a repetição das consoantes iniciais, palavras (habitualmente as primeiras de uma frase) ou palavras longas. Indicam também que até 80% dos indivíduos com gaguez esta perturbação tem cura, e em 60% dos casos a recuperação é espontânea. Esta recuperação surge normalmente antes dos 16 anos.

 

       Como surge a gaguez?

        A Associação Portuguesa de Gagos apresenta como causas da Gaguez a genética (em 60% dos casos há alguém com o mesmo problema na família), questões neurológicas (existem áreas neuronais que funcionam de forma diferente das pessoas que não têm gaguez) e o psicossocial, onde estão envolvida questão de como a gaguez foi vista pelo contexto desde os primeiros sinais.

        A passagem de uma gaguez normal (isto em idade de aprendizagem da fala) para uma questão de gaguez permanente ou perturbação do discurso, advém muitas vezes da atenção que damos às características que a criança apresenta enquanto fala. Por exemplo: se a estamos sempre a corrigir, se aumentamos a sua tensão enquanto fala, se lhe estamos sempre a chamar à atenção do problema, é provável que a criança comece a aperceber-se de que tem um problema e a partir daí tudo funciona como uma 'bola de neve', aumentando as suas inseguranças enquanto fala.

 

         Como devemos lidar com a gaguez em crianças?

         No Jardim de Infância e na Pré-Primária:

          - Não se lhe devemos prestar uma atenção especial;

          - O educador deve falar com o terapeuta e pais para obter informações;

          - Deve falar-se com calma e paciência e deixar a criança falar sem a interromper.

          Em casa:

          - Olhar para a criança enquanto ela fala;

          - Mostrar interesse, valorizando o que a criança tem para dizer e não a forma como o faz;

          - Não interromper nem completar as palavras e frases; 

          - Não permitir que a criança se aperceba que a forma como fala o preocupa;

          - Evitar comentários como «tem calma e fala devagar», «pensa antes de falar», «espera até conseguires dizer», isso só irá aumentar o problema.

 

A reter: a gaguez pode ser apenas uma fase do desenvolvimento e não um problema, apenas é um problema quando persiste no tempo e quando lhe conferimos alguma importância. Em caso de dúvidas, procurar a opinião de um Terapeuta da Fala.

 

Desactivar as notificações nos vídeos do youtube

Olá a todos.

Hoje trago mais uma dica útil para aqueles utilizadores que gostam muito de ver um vídeo no youtube mas sem aquelas notificações irritantes que aparecem sempre durante a reprodução do mesmo, atrapalhando até a visualização do vídeo.

 

A tarefa é muito simple. Apenas consiste em clicar no botão ‘Iniciar sessão’ situado no canto superior direito do ecrã. Em seguida, clicar na imagem de perfil e logo depois no ícone da roda dentada (aquele que por norma significa as definições).

Na barra lateral esquerda, clicar na opção ‘Reprodução’. Por fim, desactivar a opção ‘Mostrar notas e notificações no vídeo’ e clicar no botão ‘Guardar’.

 

Assim nunca mais terá aqueles textos chatos e alguns deles com publicidade que impedem que visualizemos o vídeo na totalidade.

 

Cumprimentos,

Sr. Solitário

cinco profissões... peculiares

não há muita gente a gabar-se de gostar plenamente do seu trabalho. 

de facto, uma grande parte da população passaria muito bem sem trabalhar dedicando antes esse tempo para fazer coisas que realmente lhe apetecem como viajar pelo mundo ou dormir o dia todo. 

no entanto, nem toda a gente se pode queixar de ter um mau emprego. ou pelo menos, um dos que enumero abaixo.

tenho a certeza que depois disto vão morder três vezes a língua antes de se queixarem do chato do chefe!

 

ora peguem lá então os cinco piores empregos do mundo.

 

1. higienizador de elefantes

porquê de elefantes? bem diz-se que estes animais têm medo de ratos. apanhar o cocó deles impede a aproximação da bicheza pequena.

agora conseguem imaginar um elefante com diarreia?

pois!

 

 

2. limpador de esgotos na índia!

o sonho, meus senhores, o sonho.

não sei se já limparam as sanitas lá de casa num dia especialmente mau mas isto bate qualquer coisa que tenham feito. 

o senhor que vão ver na foto veste os seus calçõezinhos roxos e enfia-se em poços de cocó com dois metros de profundidade, tirando de lá tudo aquilo que uma cidade consegue produzir de caca. incluindo de vaca, visto que na índia estes quadrúpedes são sagrados e usam o wc (bem que gostava de ver uma vaca de quatro patas a usar uma sanita). 

que agradável, não é?

 

3. e continuando nos odores, toda a gente usa um bom desodorizante, certo? não é nada simpático sentir e ver poças de suor a escorrer pelos sovacos pelo que nos munimos do milagre dos sprays e roll-ons.

certo?

mas e como é que se sabe que eles funcionam? como é que as marcas podem comprovar a ausência de cheiro a pelo suado de quinze dias? 

através dos inspectores dos sovacos suados:

esta para mim bate qualquer coisa. até mesmo o do cocó.

 

4. limpador de vómitos em parques de diversões.

ah pois!

ou pensam que aquilo aparece limpo por obra do divino espírito santo? não! já é milagre suficiente o pessoal não morrer todo na montanha russa.

o vómito que produzem (quando é só vómito, que há quem deixe escapar por baixo também) tem de ser limpo por alguém.

este senhor por exemplo:

 

5. e por fim, que isto já está a cheirar muito mal, ordenhador de boi.

uma vez que nem toda a gente é apologista da maneira tradicional recorre-se à inseminação do bichedo. ora para isso, alguém precisa de recolher o sémen do boi para fertilizar a vaca.

e como é que isso se faz?

pois!

dêem asas à imaginação.

 acho que chega de internet por hoje.

 

O 25 de Abril explicado em 1 minuto

Fiquem com este pequeno vídeo, muito simples, rápido e elucidativo do 25 de abril de 1974.  

 

A maioria das escolas aborda este tema, porém as nossas crianças não ficam muito elucidadas e até ficam algo confusas.

Assim, mostrem-lhes este vídeo que as irá ajudar a compreender melhor este dia dia tão importante para Portugal e para a democracia.

 

 

 

 

  

Como aquecer a voz?

Na semana passada passei-vos alguns conselhos para uma voz saudável, celebrávamos o Dia Mundial da Voz, hoje darei algumas dicas de como fazer alguns exercícios de aquecimento vocal.

Tal como o resto do nosso corpo, o órgão responsável pela formação da voz é um músculo, e se antes de irmos correr fazemos aquecimento dos músculos do corpo é também adequado que quando vamos usar a voz para alguma função específica façamos aquecimentos. A formação da voz é um meio mecânico como o processo de corrida, é necessário fazer um aquecimento e de seguida os alongamentos. Caso os exercícios não sejam feitos antes de um esforço maior poderão ocorrer lesões, que demoram a passar e são, normalmente, dolorosas. Ora, com a voz temos de pensar a mesma coisa.

 

Quando devem ser feitos os exercícios de aquecimento vocal?

Fácil, sempre que se vá usar a voz de uma forma intensiva. Por exemplo: antes de cantar, antes de dar aulas ou palestras, antes de ir fazer teatro, ou até mesmo antes de discursos políticos.

Quanto tempo?

Podem bastar 10-15 minutos antes do processo, se já existirem patologias, esse tempo pode ser passado para 30 minutos.

Que exercícios se deve fazer?

A produção da voz envolve muitos órgãos e músculos, por isso o aquecimento não deve ser realizado apenas ao nível da garganta, mas sim a nível respiratório, articulatório e fonatório (processo da produção do som).

Fazer os exercícios de alongamento do pescoço, rotação para a direita e esquerda, verticalização do pescoço e fazer também com o tronco os mesmos exercícios.

 

Varrer o céu da boca com a língua, se fizer cócegas é porque o exercício está a ser bem feito.

 

Limpar os dentes com a língua, de boca fechada, como te tivéssemos comida nos dentes.

 

Movimentos de mastigação com a produção do som /m/ e /n/, ou seja, fazer de conta que estamos a mastigar uma chiclete de boca aberta e ao mesmo tempo dizer os sons;

 

Vibração dos lábios e língua, sabem quando brincamos com os bebés e fazemos o som /br/ com os lábios? É exactamente a mesma coisa.

 

Produzir /i/ subindo e descendo na escala musical, pensar nas notas musicais e fazer a 'subida' do i até ao Si e depois 'descer' até ao Dó. Fazer o mesmo exercício com o /u/ e o /a/.

 

Inspirar pelo nariz e expirar pela boca profundamente, pode ser acompanhado de movimentos de braços para cima e para baixo.

Bocejar à vontade, sempre que necessário.

Conselhos adicionais

Quando vão utilizar a voz nestas situações lembrem-se de levar sempre água, irá ajudar a não existirem lesões nas cordas vocais. E já sabem, se tiverem alguns sintomas de dor, rouquidão ou cansaço vocal persistente procurem um médico.

 

Deixo-vos ainda o link deste vídeo, que demonstra alguns dos exercícios referidos. Alguma dúvida?

 

(Imagens retiradas daquidaquidaquidaqui)

O que fazer e NÃO fazer na entrega do IRS

Espero que, praticamente, todos já tenham procedido à entrega da declaração. Mas, como bons portugueses que somos, ainda existe muita gente que só o vai fazer neste fim de semana prolongado. Ainda tem até ao Sábado da próxima semana para o fazer. 

 

Mas, o meu primeiro contributo aqui para tão distinto blog, é noutra vertente. 

Quem já entregou o IRS notou que a entrega está muito simplificada. Se não complicarem, para realizar a entrega basta terem o documento do banco, com o valor dos juros que pagaram (sendo que o que interessa é saber o NIF da entidade bancária onde o vosso empréstimo está registado) ou o documento com o valor que pagaram do arrendamento da casa, a caderneta predial da habitação (ou o contrato de arrendamento) e a vossa senha. 

Todos os outros valores dedutíveis já se encontram lá registados. E o valor dos juros só é necessário preencher o anexo H, caso tenham reembolso (ou pagamento...), pois se não tiverem feito retenções ou a simulação, só com os valores das despesas gerais, saúde, lares e educação, der a devolução total do valor, podem poupar o trabalho de preencher o anexo H, pois não fará qualquer diferença. Basta aceitarem que existem deduções no campo de imóveis e que não as querem usar, para proceder à entrega do IRS. 

Isto já toda a gente que entregou ou viu o programa de entrega, conseguiu descobrir. 

Agora, chego à parte de que vos queria falar hoje. Desde há 2 anos para cá, existem entidades privadas a "oferecer" programas/aplicações que, dizem, facilitar a entrega da declaração. 

Uma coisa que qualquer pessoa deve saber é que "não existem almoços grátis". Ninguém dá nada a ninguém. Ao disponibilizarem essas utilidades, existe alguma forma de obterem rendimento, graças a criarem um novo interface para o programa das finanças. Sim... não sabiam? TODO o programa que estas entidades "desenvolvem" é o mesmo que está disponível no site das finanças. Só lhe adicionam publicidade e outras coisas, que a maioria dos utilizadores nem dá por isso. Coisas essas que irão trazer dividendos para o trabalho que tiveram a modificar e adicionar essas funções ao programa original. 

Se não forem pela publicidade do "sem custos", já pensaram que alguém terá perdido dezenas de horas a reprogramar aquela estrutura... e que não vai receber 1 cêntimo por esse tempo de trabalho? 

Quando se usam palavras Grátis, Oferta e não custa nada, ETC. as pessoas ficam com a ideia do "não pago nada e ainda tenho lucro". Isso é a maior mentira que se prega. 

Imaginem lá que vão a uma loja de roupa nus/nuas e que vos oferecem roupa para vestirem. Para vocês é excelente. Ganharam meia dúzia de peças de borla. Certo? Errado. É que não leram as letrinhas das condições, que estavam no fundo do cartaz que a loja fez para aquela situação, onde diz que oferecem a vossa imagem para qualquer publicidade, assim que entram na loja. E não podem contestar, pois aceitaram as condições ao tirarem a roupa e entrarem pela porta da loja adentro. Com estes programas é a mesma coisa... ou pior. 

Por isso, desinstalem programas que obtiveram de qualquer outro site que não o próprio site das finanças. 

Para quem ainda não entregou o IRS, vá ao www.portaldasfinancas.gov.pt , escolham Cidadãos-Entregar-IRS (ou o quadrado que diz Entregar IRS) e serão enviados para a página de login. Usem a vossa senha com o número de contribuinte. Do lado esquerdo surge um menu onde podem consultar as despesas dedutíveis e onde existe um campo que diz Download. Carreguem-lhe. Instalem esse programa (É o único que é seguro!!! Usem a versão de 32 bits que funciona em qualquer computador com Windows) no vosso computador e não se assustem com o bonequinho azul que surge no vosso ambiente de trabalho. A partir daí, é só fazerem o pré-preenchimento. (Aos casados e unidos de facto, façam simulações individualmente e em conjunto. Não se esqueçam de introduzir os números de contribuinte dos descendentes ou familiares a cargo, no rosto.) Carreguem no botão superior onde diz validar. A janela do programa fica dividida ao meio. Leiam o que está na parte de baixo, carreguem nas palavras em azul e a parte de cima da janela muda para esse campo. É só lerem a pergunta e colocarem cruzinhas. Depois de carregarem no validar e em baixo dizer "Não foram encontrados erros", carreguem no simular. Nesse momento o programa irá buscar as vossas deduções. Se olharem para a coluna da direita, vão ver que não preencheram o anexo H mas, tem um valor total de deduções. Esse valor é automático com base nos valores registados no E-factura. Se tiverem valor a receber, inferior ao valor retido e tenham empréstimos para habitação permanente, concedidos até 31 de Dezembro de 2011, ou residam numa habitação arrendada, adicionem o anexo H e no quadro 6, criem uma linha nova e preencham os dados. Voltem a usar o validar. Voltem a simular e notem que o valor das deduções subiu. Está tudo ok? Carreguem no submeter e introduzam as senhas. Recebem a janela de IRS entregue. Apontem o número e a data-hora. Quando receberem o email de que se encontra válido, podem deitar esses dados fora. 

Por isso, ignorem qualquer outro site que vos ofereça serviços das finanças... finanças só existem os serviços públicos. Tudo o resto tem uma forma de ser pago, mesmo que não tenham de dar dinheiro. 

 

Aproveitando esta, quem for ao E-factura agora, pode notar que ainda não existe campo para as despesas com veterinários de animais de companhia. Isso é devido ao orçamento de estado ter sido aprovado há menos de um mês e o site ainda não ter sido actualizado com a nova legislação. Deixem as facturas de cuidados veterinários na secção das pendentes. Ignorem-nas agora. Quando o site for actualizado, poderão indexar o IVA dessas despesas ao campo respectivo, permitindo a dedução de 15% do valor do IVA pago. 

Dúvida de uma leitora

Bom dia a todos.

Antes de mais nada, quero agradecer a todos aqueles que fizeram da publicação da semana passada, um dos posts mais lidos. Obrigado a todos, isso deixa-me muito feliz e da-me ainda mais alento para continuar a descomplicar alguns dos problemas informáticos que nos afectam a todos.

Hoje decidi partilhar com vocês uma dúvida de uma leitora e a sua resolução.

 

A Olívia, do blog Adotar Amar Viver, enviou-me um email com o assunto "emergência informática". Até quase que ouvi as sirenes do INEM junto deste email. Brincadeira.

Dizia o seguinte:

olá, bom dia

Sou a Olívia que também colabora no blogue aprender uma coisa por dia e estou desesperada, quem sabe não me podes ajudar...
acho que o meu computador de trabalho foi invadido por um vírus, depois de pesquisar consegui remover aquilo, mas o programa que uso para fazer a contabilidade agora não abre... estou assim para o desesperada!
Quando tento abrir aparece a mensagem:
 Runtimeerror 440Automationerror
Isto é grave não é?
Fico muito grata, se puderes ajudar-me (à distância).
 
 
O que aconteceu à nossa querida Olívia, é um problema muito comum. Programas que são incompatíveis. E, geralmente, são programas instalados no nosso computador (às vezes sem que nos apercebamos disso), através de vírus.
 
O antivírus procura e remove os vírus, mas não desinstala programas que possam advir através deles!!
 
Após um computador estar infectado e aparentemente o problema ficar resolvido, devemos sempre aceder ao "Painel de Controlo" - "Desinstalar um programa". Nessa janela aparecerá todos os programas instalados no nosso computador. Irão verificar que alguns deles conhecem, outros não.
Mas atenção! Nada de desinstalar programas que não conhece, pois pode cometer um erro e desinstalar algo que possa ser importante para o pc e que desconhecia.
 
Um truque que uso sempre é as datas em que os respectivos programas foram instalados. Ou seja, se eu ontem tive um vírus no computador, irei ao menu "desinstalar um programa" e irei verificar se, na data de ontem, foi instalado algum programa que eu tenho a certeza que não instalei!
 
Mas o que aconteceu à Olivia, foi diferente. O seu antivírus pediu-lhe para instalar um programa que, à partida, seria para melhorar o seu desempenho. Acontece que o seu programa de contabilidade não gostou. E aqui temos, nada mais nada menos, que uma incompatibilidade de programas.
 
Já dei este exemplo aqui e volto a referi-lo, se no nosso local de trabalho, desempenharmos funções com alguém das quais não nos identificamos, o trabalho não irá correr tão bem como desejado.
 
O mesmo acontece com o programas informáticos. Por questões de marcas e afins, existem programas que não são compatíveis e, ao instala-los, um deles pode recusar-se a abrir.
 
Expliquei-lhe tudo isto e, minutos depois, recebo um email de mil agradecimentos por a ter ajudado. A Olívia desinstalou o tal programa que o antivírus lhe pediu para instalar, e o seu programa de contabilidade abriu sem qualquer problema.
 
Tenham sempre atenção àquilo que instalam no vosso pc, ou ao que é instalado sem o vosso consentimento.
 
Cumprimentos,
 
 

 

sete curiosidades acerca da série Game Of Thrones

atrasada mas ainda assim presente, passo por aqui para vos deixar sete curiosidades sobre a série do momento.

qual?

esta:

 

preparados?

oh vamos lá!

 

1. Aemon Targaryen é mesmo cego.

não só a personagem mas o actor que faz dele: Peter Vaughan.

 

2. os dragões foram inspirados em gansos e gatos.

que na verdade tem tudo a ver. 

 

3. é a série mais pirateada no mundo.

de acordo com uma lista divulgada pelo TorrentFreak, a season finale da quinta temporada foi o episódio de TV mais pirateado do ano, e foi baixado ilegalmente 14.4 milhões de vezes.

 

4. o elenco tem muitos atores/atrizes que normalmente actuam em filmes para adultos.

* esta, por exemplo:

 

5. a cabeça de George W. Bush aparece cortada em vários episódios da série

bastante compreensível, na verdade. 

 

6. os mesmos figurantes lutam pela patrulha da noite e pela targaryen

vai dar tudo ao mesmo e eles até estão de cabeça tapada.

7. o grande lobo de Arya interpreta outros lobos.

pintam-lhe o pelo, para ser diferente, mas trabalha por todos.

no mínimo devia ganhar por quatro!

 

e por fim, para os que ainda não viram, eis um dos traillers da sexta temporada, aí mesmo à porta:

 

 

 

Grelhar em casa sem fumo

Cá em casa adoramos grelhados, mas com a chuva é impossível ir para a churrasqueira fazer seja o que for.

Ainda assim, cá me tenho safado com o grelhador de fogão que toda a gente tem em casa,eu até tenho vários.

grlhador.jpg

 

No entanto o cheiro e o fumo é um inconveniente que me tem impedido de grelhar mais vezes. Mas isso acabou, sigam estas dicas e vejam como é possível grelhar no fogão sem fumo:

 - coloquem o azeite no alimento a grelhar e não no grelhador e façam uma massagem com os dedos de ambos os lados;

- temperem apenas com sal mesmo antes de ir para grelhar;

- o grelhador tem que estar muito quente e sem gordura adicionada;

- grelhem dos 2 lados conforme o gosto;

- retirem do grelhador e só agora é que temperam com os condimentos a gosto, por exemplo, a pimenta (se temperarem a carne antes de ir para o grelhador com pimenta ou outra especiaria elas vão queimar e fazer fumo e cheiro);

- se o alimento que grelharam for carne, então deixem-na repousar uns minutos para os sucos se entranharem nos músculos e ficarem com uma peça suculenta.

 

Bom apetite e que venha o bom tempo!

 

Pág. 1/4